E se a timidez bater durante o ensaio?

É super normal que a grande maioria dos clientes fiquem tímidos, cheios de vergonhas, no momento do ensaio.

Isso dificulta bastante a vida do fotógrafo que por muitas vezes tem que se desdobrar para conseguir passar o que realmente o ensaio pede, ou seja, a contar a história do jeitinho que ela é, cheia de verdade, mostrar a personalidade, retratar sentimentos verdadeiros e espontaneidade, fazer as fotos o mais natural possível.

Portanto relacionei algumas dicas que podem ser muito úteis:

É imprescindível, para logo “quebrar o gelo”, criar um vinculo entre o fotógrafo e o cliente. Isso faz toda a diferença para que o fotógrafo possa conhecer melhor seu cliente, saber das suas escolhas, dos seus gostos, da personalidade de cada um, ficando mais fácil na hora do click e em uma conversa informal, descontrair e pronto já fez a foto.

Outra dica seria usar um bicho de estimação (caso o cliente concorde previamente), um cachorro da família por exemplo. Isso faz com que o cliente tire o foco do fotógrafo e o fotógrafo consiga focar em seu cliente.

Uma dica bem simples e que parece bobinha mas que dá resultado é pedir para o cliente seguir andando e depois retorne em direção ao fotógrafo, umas 2 a 3 vezes já basta para começar a dar movimento ao ensaio.

Outra técnica muito usada para ajudar o cliente a se soltar mais, é pedir que ele não fique olhando para a câmera nos primeiros minutos do ensaio não encarem a câmera, pois ela intimida muito no começo.

Entre outras tantas dicas nesse sentido…

Independente do tipo de ensaio, o importante é entregar um material ao seu cliente, aquilo que ele espera de você, ou seja, atender ou superar as expectativas.

Vamos combinar? Fazer seu trabalho com amor e dedicação é meio caminho andado. Não há nada mais prazeroso para um fotógrafo do que o reconhecimento de seu cliente!

Por: Maurício Santos