O Centro de Estudos Gracinha promove no dia 24 de abril, à partir das 18h30, um bate papo com o tema, “Desafios dos Refugiados Africanos para Integração na Sociedade Brasileira Face à Discriminação, Xenofobia e Racismo”.  O convidado palestrante será, Pitchou Luhata Luambo: advogado, ativista dos direitos humanos e fundador do GRISTGrupo de Refugiados e Imigrantes Sem Teto de São Paulo. O evento faz parte do projeto, Rodas de Conversas,  que abordam temas sociais propostos à reflexão de professores e  pessoas envolvidas no  processo educacional.

De acordo com a CONARE – Comitê Nacional para os Refugiados,  o número de solicitações de refúgio aumentou mais de 2.868% entre os anos de 2010 e 2015. A maioria de origem africana, asiática e caribenha.

Refugiado da República Democrática do Congo, Luambo vive há sete anos no Brasil. Conta que entre as dificuldades, o preconceito por sua nacionalidade e etnia foram os pontos mais críticos que encontrou, “Vocês tem aqui algo precioso, a paz. Tive que sair de lá para salvar a minha vida”. O país vive desde 1996 uma guerra civil e já fez mais 6 milhões de vítimas.

O debate discute o desencadeamento do fenômeno da imigração no Brasil e propõem conhecer melhor a vivência desses refugiados. O evento é gratuito e aberto à todos.

Mais de Pitchou Luambo

Em seu país advogava em causas humanitárias, defendia vítimas de violência sexual e denunciava os estupros cometidos por grupos armados. Aqui no Brasil, por conta da burocracia no reconhecimento do seu diploma, não consegue exercer a profissão. Há dois anos criou o projeto itinerante, Congolinária, e busca em uma campanha de crowfunding abrir o seu próprio negócio.

Para participar inscreva-se.

Por Mari Manetta


Apoia-se

Show Full Content
Previous Imagine Dragons: Confira as faixas registradas para o terceiro álbum
Next Crítica: RENT, O musical

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close