4 estações em um único dia.

Hoje o Vambora tem uma convidada super especial. A Ana Lara Henriques é atriz e faz parte de uma trupe de Teatro de Rua chamada Trupe Rosa Vermelha que se apresenta por São Paulo. Estudante da UNESP, Ana Lara esteve em Portugal estudando teatro comigo e dividimos algumas viagens e muitas histórias. Ela está aqui para falar sobre a Ilha da Madeira, então aproveitem sua companhia nesse passeio por essa fantástica ilha portuguesa. (Letícia Vilela)

A Ilha da Madeira é uma ilha localizada no Oceano Atlântico, pertencente ao à Portugal, chamando a atenção dos turistas por suas lindas paisagens e suas trilhas, para os mais aventureiros. A ilha é resultado de erupções vulcânicas, formada por altos penhascos e abismos gigantescos.

Para chegar nela, é preciso pegar um avião no Aeroporto de Lisboa para Santa Cruz, uma viagem que dura aproximadamente duas horas com, que é considerado um dos dez aeroportos mais perigosos do mundo, onde somente pilotos muito experientes fazem os voos para a Ilha, pois o aeroporto está localizado em um aterro na costa marítima.

A capital Funchal é uma cidade tipicamente turística e lá se concentram os comércios, os restaurantes e os hotéis. Há muitos pontos turísticos a serem visitados como: O Pico do Arieiro, onde no caminho atravessa-se uma reserva florestal considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Saindo de Funchal, em direção norte encontra-se a pequena cidade de Câmara dos Lobos, antiga vila de pescadores que se destaca por suas encostas rochosas. Lá se pode encontrar restaurantes com os pratos típicos da Ilha, a base de peixe, como a “Espadada”, prato feito com o peixe-espada.

O turista que vai a Ilha da Madeira não vai encontrar uma praia tipicamente brasileira com grande extensão de areia, apenas algumas praias que foram feitas artificialmente com areias trazidas da África.

No verão, um ponto imperdível são as piscinas naturais de Porto Muniz, localizado ao sul da ilha.

Em Santana, região central, o turista vai encontrar as casas tradicionais da Ilha da Madeira preservadas, construídas em madeira com teto de colmo no século XVIII. Elas representam a antiga arquitetura local e o turista pode comprar peças artesanais como: xales, tapetes, mantas e vários outros feitas de lã.

Além desses passeios, existem muitos outros atrativos como as religiosas festas locais, repletas de dança, música e gastronomia bem típica.

Para conhecer a Ilha da Madeira, o turista deve reservar de quatro a seis dias aproximadamente, pois sua extensão é grande e há muitas atrações. Conheça e surpreenda-se com essa ilha que ainda não é tão procurada como destino turístico dos brasileiros. E o melhor, fale português.

Obrigado pela oportunidade de contar um pouco sobre esse lindo lugar. Espero que tenham gostado.

Por Ana Lara Henriques