Seguindo pela Andaluzia
 
Mais uma cidade surpreendentemente encantadora, na região da Andaluzia, na Espanha, é Granada. Marcada historicamente como capital dos reinos muçulmanos, seu escudo municipal ostenta os títulos de “Mui nobre, mui leal, nomeada, grande, celebérrima e heroica cidade de Granada”.
 
Apesar da capital oficial da Andaluzia ser Sevilha, Granada é uma importante cidade dessa região, atraindo muitos turistas por suas atrações que, assim como em Córdoba, são únicas. A cidade fica bem próxima à estação de esqui da Serra Nevada, onde encontram-se as montanhas mais altas da península ibérica. Uma ótima opção para hospedagem é o Hostel Vita, que fica muito bem situado entre a principal atração da cidade, o Alhambra, e o centro, tendo diárias em torno de 20 euros.
 
Falar de Granada, é falar de Alhambra. Classificado como patrimônio da humanidade pela UNESCO em 1984, é o elemento mais famoso da arquitetura islâmica no país.
01
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
Juntamente com o Generalife, uma vila que inclui extensos jardins e hortas, essa enorme construção nos toma um dia inteiro de passeio e imersão cultural que nos deixa deslumbrados.
02
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
Riqueza de detalhes: é o que pode-se dizer sobre o interior do palácio.
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
04
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
O Alhambra destaca-se na cidade, pois é construído em um dos pontos mais altos. De outras montanhas da cidade existem mirantes para uma vista panorâmica desse Alcazár.
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
A cidade de Granada vista a partir do Alhambra. Parte do bairro Albaicín. Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
Granada é também uma cidade que atraia muitos jovens, por ser universitária. Com baladas famosas como a Mae West, também conta com muitos bares que servem as famosas tapas. Muitas vezes se compra a cerveja e ganha-se a tapa. É impossível não aproveitar a noite de Granada e suas atrações.
 
Ela também abriga a história do grande poeta e dramaturgo Federico García Lorca, que viveu por muitos anos ali. Existe o Parque García Lorca, onde fica a Casa Museu do dramaturgo, e ainda há a Catedral de Granada, considerada a primeira igreja renascentista da Europa.
 
A Catedral é “engolida” pelas demais construções ao seu redor, não tendo sua fachada muito destacada. Mas sua grandiosidade continua presente quando observamos toda sua extensão caminhando por seu entorno.
 
Granada é mais uma cidade que traz ótimos momentos enquanto se caminha por suas ruas repletas de uma arquitetura estonteante e com muitos atrativos para os turistas, como as lojas de artesanato local. Ela nos presenteia com sua beleza e faz qualquer um querer passar alguns dias por lá, ou voltar mais vezes.
 

Na semana que vem encerraremos essa região tão especial com a capital da Andaluzia, Sevilha. 

Por Letícia Vilela


Apoia-se

Show Full Content
Previous Jovem ganha um braço do Big Boss do “Metal Gear Solid V”
Next Jovem Estudante Procura

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close
CLOSE
CLOSE