Existem momentos na nossa vida que pedem por uma viagem, e se você tem dinheiro e tempo suficientes não tem por que não aproveitar um dos maiores prazeres da vida. Seja para conhecer lugares novos, afogar as mágoas, distrair a cabeça ou viver novas experiências, viajar é um bem necessário e que pode ser extremamente divertido.
 
Se você é essa pessoa que tem dinheiro (amém), tempo e precisa viajar pra ontem, mas está em dúvida sobre como e com quem você vai viver essa experiência, aqui vão algumas dicas:
 
Pode parecer que não, mas viajar sozinho requer muita maturidade. Ao tomar essa decisão, você precisa entender que vai ser muito importante saber se divertir consigo mesmo e não ter nenhuma frescura com atividades do tipo almoçar, passear, dormir sozinho, etc. A partir do momento que você decide viajar dessa forma, encare isso.
 
Mas não se preocupe, pois uma viagem solo tem diversas vantagens. É um momento único de muita clareza e autoconhecimento, onde o foco é se entender e se agradar. Se for uma dessas viagens pra fugir dos rancores, tristezas e blablablas então, melhor ainda! Você vai ter todo o tempo do mundo para entender melhor o que se passa nessa cabeça e de repente até encontra uma solução para o seu problema.
 
Além disso, esse é justamente o momento de largar qualquer timidez pra trás e se propor a conhecer pessoas novas. Faz amizade com o garçom, a moça bonita na fila do pão, a menina escandalosa no telefone e até com o motorista do ônibus. Sai pros bares, para as festas, faz os passeios de vó e a hidroginástica em grupo do hotel. Se a sua vontade é viajar sozinho, vai de cabeça e se joga, porque é incrível!
 
Mas se você quer muito a companhia de alguém, seja amigo ou família, eu garanto que também é uma ótima opção.
 
Viajar acompanhado costuma ser muito divertido. A dica é escolher a pessoa certa, aquela que costuma ter a mesma vibe que você e que de fato vai acrescentar alguma coisa para a sua vida durante a viagem.
 
Tem que ser aquela pessoa amiga mesmo, que topa ir nos passeios que você gosta e sugere outros, que gosta de experimentar coisas novas, que se diverte com o simples e que tem aquela porcentagem mínima e necessária de loucura.
 
Faz esse combo de qualidades incríveis e você encontrou o seu par para a sua viagem. A partir disso, eu garanto que QUALQUER lugar que vocês escolherem ir vai ser maneiro, mesmo que seja Rio das Ostras com chuvas torrenciais e trovão a cada cinco minutos. Ainda mais porque existem mil e uma maneiras de se divertir e se entreter em uma viagem acompanhado, desde festas a jogos de baralho e adedanha da madrugada.
 
O mais importante é saber entender o que você precisa naquele momento, saber traduzir o que você está vivendo e aplicar na sua futura viagem, para que ela seja a mais incrível possível.
 
Planejar e definir esses pequenos detalhes é tudo, e a verdade é que sozinho ou acompanhado, viajar também.

Por Júlia Bockmann


Apoia-se

Show Full Content
Previous Era o Hotel Cambridge
Next Crítica: Stonewall

1 thought on “Viajar sozinho X Viajar em companhia

  1. Boa noite Julia,amei o seu texto.Tenho família no interior do Rio,sempre vamos para lá,já não considero como uma viagem.Já temos quase que uma obrigação ir até lá. Quando vamos para outros lugares como GRAMADO,NATAL,JOÃO PESSOA,e outros lugares,é diferente.A cultura as pessoas,comidas tudo é diferente.Isso é muito,muito prazeroso.Eu acho que quando fazemos essas viagens,voltamos outra pessoa!!!! Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close