Connect with us

Hi, what are you looking for?

Games

Entre as Estrelas: jogo brasileiro aposta em narrativa indígena e belíssima animação 2D

Imagem/Divulgação: Split.

Recentemente atingindo mais uma meta de financiamento coletivo, “Entre as Estrelas” é uma das próximas grandes apostas da indústria de games nacional. O jogo, atualmente na pré-produção, promete mesclar elementos puzzle, plataforma e combate, com animação 2D full animation e plano de fundo indígena, inspirado nos conflitos atravessados por esses povos no centro-oeste do país.

Na história, as irmãs Tai e Ari são separadas após um violento ataque à comunidade indígena onde moram. A mais nova, Ari, buscando se reencontrar com a irmã, descobre uma misteriosa conexão espiritual, devendo seguir ao chamado da natureza. Em contraponto, Tai segue crente da sobrevivência de Ari e deve enfrentar os perigos e ameaças, meio à destruição deixada pelos grileiros.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Contando com profissionais indígenas de diferentes etnias na equipe, o jogo mostra em sua história um pouco da riqueza narrativa de povos originários brasileiros, além de abordar com todo cuidado os desafios que povos reais sofrem com incursões ilegais nas regiões em que vivem – e sempre viveram. O visual e a narrativa são livremente inspirados nos povos Kadiwéu e Guarani Kaiowá.

Com a meta de R$150 mil recém alcançada, o jogo deve chegar parcialmente na Steam no segundo semestre de 2025, mas a ideia é expandir para outras plataformas e trazer a gameplay completa. 15% de todo o valor arrecadado irá para associações indígenas: AJI, Apib, ANMIGA, sendo possível contribuir na página Catarse do projeto a partir de dez reais.

Esse jogo é muito importante para mim, por falar sobre a questão indígena atual do Brasil e atentar a população de que, muito antes desse território ser ‘Brasil’, ele é um território indígena, que chamamos de ‘Pindorama’. e que existem várias narrativas que remontam os nossos antepassados, os nossos pais, os nossos avós. Nicolle Nascimento Ansay, roteirista e produtora do projeto

Vídeo/Divulgação: Entre as Estrelas.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Linguista e PhD em shoujo de baixa qualidade. Obcecado por cultura pop e leituras de qualidade duvidosa; ainda por descobrir que Kakegurui talvez não seja um traço de personalidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Advertisement