Ultimamente tivemos uma atenção muito grande sendo voltada para os quadrinhos. Isso se deve majoritariamente aos filmes baseados em quadrinhos que foram produzidos nos últimos dez anos. Porém, não é de hoje que o mercado de quadrinhos é bastante movimentado – muito pelo contrário. Se trata de um mercado tão movimentado que há quadrinhos tão valiosos que o custo passa de mil dólares. E se você acha que é só um ou dois que passam desse valor, pasme, o centésimo quadrinho mais caro do mundo já possui o valor de mais de US$60.000,00. Sim. Dólares.

Juntamos aqui para o seu espanto os quadrinhos mais caros do mundo, com seus respectivos valores. Todos os valores foram avaliados pelo site Nostomania, um dos maiores sites do ramo, baseados nas edições em estado “near mint“, como é chamado o estado em que o quadrinho está quase novo.

10. Action Comics #7 (Dez, 1938)

Começamos essa lista com um dos maiores ícones dos quadrinhos. Esta edição não possui nenhum destaque em particular, além do fato do Superman utilizar botas amarelas em vez de vermelhas. Porém, juntando isso à pequena impressão que a edição teve, nos dá um valor de US$905.000,00 dólares.

9. Detective Comics #31 (Set, 1939)

Continuamos com outro ícone dos quadrinhos. Aqui, temos a terceira aparição do Batman nas capas de um quadrinho, bem como as primeiras aparições dos batarangues e do batplano. O valor desta edição aumentou também devido as diversas homenagens feitas a sua capa, elevando então seu valor a US$950.000,00.

8. Marvel Comics #1 (Out, 1939)

Esta é a única revista da Marvel pertencente a esta lista. Ou melhor, nessa época ela nem era Marvel ainda, mas sim Timely Comics. Nesta edição, que é também a primeira revista publicada pela editora, somos apresentados a diversos personagens que fazem parte da mitologia da editora até hoje como o Tocha Humana original, que era um androide, e Namor, o rei de Atlântida. Com tamanha importância, não é de se espantar que a revista possui um valor de US$998.000,00.

7. All-American Comics #16 (Jul, 1940)

A edição 16 de All-American Comics, da editora homônima que veio a se juntar a outras três para se tornar a DC Comics, apresentava um novo personagem, o Lanterna Verde. Nesta época era um personagem completamente diferente do que conhecemos hoje em dia, não tendo nada a ver com uma tropa espacial. Hoje, esta edição possui o valor de US$1.130.000,00.

6. Pep Comics #22 (Dez, 1941)

Sabe aquela série atual chamada “Riverdale”? Caso não saiba, ela é baseada em uma linha de quadrinhos muito antiga chamada “Archie Comics”. E é nesta revista que tudo começou. Foi aqui que conhecemos pela primeira vez os personagens Archie, Jughead e Betty que fizeram parte da infância de muitas pessoas durante as décadas de 40 a 60 principalmente. Devido a isso, esta edição possui o valor de US$1.150.000,00.

5. Detective Comics #1 (Mar, 1937)

Esta não só é a primeira edição da revista que viria a apresentar um dos maiores heróis da história dos quadrinhos, como também é a revista que veio a dar nome a editora. Sim, caso você não saiba, é daí que vem o nome DC. Não é a toa que o valor desta edição chega a US$1.210.000,00!

4. Batman #1 (Abr, 1940)

Apesar da origem do Batman não ter sido nesta edição, esta foi a estreia de sua revista própria, que começou sendo trimestral. Aqui temos também a estreia de Robin, o menino prodígio, e a revelação da origem do homem morcego. Tantos fatores juntos colaboraram para que esta edição tenha alcançado o valor de US$1.360.000,00.

3. Superman #1 (Jun, 1939)

Assim como com o Batman, a origem do Homem de Aço não se deu nesta edição. Porém, ela tem ainda mais importância do que a primeira de Batman, pois esta foi a primeira vez na história em que um quadrinho foi publicado com histórias de apenas um personagem. Também é nela que é mostrada a origem do herói. Tudo isso elevou o valor dessa edição de tal maneira que hoje ela vale incríveis US$2.210.000,00.

2. Detective Comics #27 (Mai, 1939)

Aqui temos a primeira aparição do homem morcego, que ainda não tinha seu parceiro Robin. Foi uma aparição curta, com pouquíssimas páginas, onde o herói enfrentava mafiosos de maneira violenta, chegando até a derrubar um deles em um tanque de ácido dizendo ser um fim merecido. Esta edição está avaliada em US$3.800.000,00.

1. Action Comics #1 (Jun, 1938)

Nesta revista tivemos a primeira aparição do Superman. Portanto, não é a toa que a edição possui o exorbitante valor de US$6.940.000,00. Especula-se que restam apenas 100 edições desta revista, sendo raríssima de ser encontrada em estado near-mint.

E aí, você pagaria um valor assim por um quadrinho?


Por Bruno Dias


Apoia-se

Show Full Content
Previous Crítica: Maze Runner – A Cura Mortal
Next Elza Soares é homenageada em Single do cantor Thiago Pach

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close