Infelizmente o conteúdo dessa matéria é real e nós precisamos fazer alguma coisa. O que fazemos aqui nessa coluna é celebrar a música, mostrar de várias formas como ela pode tornar nossa vida mais feliz e menos difícil. E mais uma vez, devemos usar a música a serviço do bem.

É saber comum a guerra na Síria. Conflitos religiosos e políticos-morais.

Desde os anos 2000 a guerra na Síria existe. O país abriga uma diversidade de culturas diferentes. Religiões diferentes, religião que é grande causadora de conflitos. A guerra ainda conta com a forte interferência dos Estados Unidos e da Rússia, fato que, incontestavelmente, aumentou em grande número a violência. Chegamos a bem mais de 400 mil mortos por essa guerra.

Os noticiários não nos deixam esquecer – e nem devem – do sofrimento que a população Síria está sofrendo. Violências inimagináveis para qualquer um que esteja fora. Através de fotos, através de fatos.

Pois bem, o importante é sabermos que a classe artística musical não aceita esse fato de braços cruzados! Todos nós buscamos entretenimento e é melhor ainda quando você pode se divertir e ajudar outras pessoas. O projeto “Rock Por Aleppo” é composto por Detonautas, Tihuana e Caio Corrêa. A proposta é angariar todos os fundos recebidos em show para as crianças que estão sendo afetadas por essa guerra civil.

É importantíssimo que a classe artística seja participante ativa do período que estamos vivenciando. No Brasil e em todos os cantos do mundo, inflamado.

Atualmente, muitas pessoas estão se tornando ativas no que se refere aos direitos humanos. Frequentemente vemos ações, textos informativos, causas que estão crescendo e as minorias se unindo cada vez mais para que sejamos todos vistos da mesma forma. É exatamente isso que Aleppo precisa. Empatia. Muitos países têm recebidos de braços abertos refugiados, outros não. E para os Sírios, o Rock está de braços abertos.

Está marcado para o dia 29/04/2017, na Fundição Progresso, o evento para angariação de fundos. Rock Por Aleppo trabalha junto à ONG Save the Children. A arrecadação do evento será através do crowdfunding via Benfeitoria e venda de bilheteria da Fundição.

Você pode também comprar a blusa oficial do projeto no site Benfeitoria.

Vamos curtir um bom rock e ajudar a situação que as crianças estão vivendo?

Criou-se um single podendo ser considerado oficial para a campanha, que está muito bem trabalhado por sinal. Nos vemos dia 29!

“No meio do caos, não é difícil ver
Milhares de pessoas se ajudando pra sobreviver
Porquê no fundo é assim
E assim que vai ser!”

Por Letycia Miranda