Chegou a hora de retomar os trabalhos astromusicais que começamos na semana passada com “Músicas Para Cada Signo – Vol. I”. Para quem não viu e/ou ouviu, rolou um MixTape especial, no qual, para cada signo, selecionamos duas músicas para representá-los. Uma nacional e outra internacional, para balancear a equação. Como temos 12 signos, a primeira parte foi dedicada à Aries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão e Virgem. Dessa vez, eu vô expô ela na internet vamos traduzir – a meu ver – as identidades musicais de Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

Vamos começar as auto identificações com essa seleção marastrológica?! Ah, fazendo uma confissão antes dessa última parte: Mesmo sendo ariano, me identifico com todas essas músicas, cada uma em um momento e à sua maneira! Confissão feita, então vamos para nossa seleção musical!

Libra

O desenvolvimento da consciência através dos relacionamentos interpessoais é uma das qualidades dos nascidos entre 23 de setembro a 22 de outubro. “Filhos” do ar, regidos por Vênus e tendo duas cores, azul e rosa, os librianos possuem a rara capacidade de reconhecer no outro um semelhante. Mas eles são indecisos e podem ser facilmente influenciados por terceiros. Por adorarem o prazer, não gostarem da rotina e serem desapegados, eles podem cometer certos excessos. Costumam ser muito sociais, não suportam brigas e crueldades e são ótimos diplomáticos. Porém, isso também pode fazê-los se meter onde não foram chamados.

   

Escorpião

Os sexuais e cheios de magnetismos, nascidos entre 23 de outubro e 22 de novembro, são escorpianos. Que não é gêmeos, mas é 08 ou 80. Possui um lado transformado vindo de seu elemento, a água, são regidos por Plutão e sua cor é o vermelho escuro, a cara da vingança! Os escorpianos podem ter sucesso em quase tudo, quando deixam a preguiça e as energias negativas de lado. Se por um lado eles são positivos, emotivos, decididos, poderosos e apaixonados, eles também podem ser negativos, ciumentos, compulsivos, obsessivos, ressentidos e teimosos. Ou seja, são amáveis, mas cuidado com a picada.

   

Sagitário

Na regência de Júpiter, com o elemento fogo e com a cor púrpura – nunca imaginei – são os sagitarianos. Eles gostam de liberdade, de se aventurar e consequentemente não gostam de se sentir presos, nem se preocupar com detalhes. Superficialidade, descuido, inquietação e irresponsabilidade são alguns dos lados negativos. Mas os nascidos entre 22 de novembro a 21 de dezembro também são otimistas, intelectuais, sinceros, modestos, simpáticos e com ótimo humor. O seu gênio forte o faz perder a paciência com quem não segue seu ritmo, mas sabem perdoar quando necessário.

   

Capricórnio

Quem nasceu entre 22 de dezembro a 19 de janeiro – eu tenho a imagem que – ao contrário de Jesus, são mãos de vaca e pessimistas. Mesmo com senso de humor e sendo reservados, eles não gostam de dificuldades e são fatalistas. Embora, alguns, possam ser práticos, prudentes, pacientes e cautelosos quando preciso. Prezam pelo profissionalismo, por uma base sólida, com um foco definido, mas isso os fazem ser exigentes demais com as pessoas ao redor. Por isso, a todo o momento tendem a tentarem ser e se acharem melhores que os outros. Com poucos bons amigos, eles demoram a se entregarem a um relacionamento, mas quando o fazem são fiéis e um pouco ciumentos.

   

Aquário

Entre 20 de janeiro a 18 de fevereiro é a época dos revolucionários, os aquarianos. Filhos do ar, regidos por Uranos e de cor azul eles podem ser simpáticos, humanitários, honestos, leais, originais, independentes e intelectuais e podem ser o capiroto também. São imprevisíveis e se contrariam com facilidade se não aceitarem seus ideais ou se sentirem traídos. Os aquarianos não gostam de falsas promessas, de se sentir só e de “imitações”. Eles preferem as possibilidades e são sonhadores. Lutam por boas causas, gostam de planejar um futuro feliz e aprender com o passado. Diversão e amizade também são duas coisas e eles amam ter e manter.

   

Peixes

“Continue a nadar” a frase perfeita para os piscianos, nascidos entre 19 de fevereiro a 22 de março. Os peixinhos, com a cor verde claro, tendo Netuno como regente e naturalmente tem a água como elemento, são bem simplórios em seu modo de vida. Por gostarem da fugacidade, de viverem na imaginação, num mundo ideológico eles acabam não sendo tão presentes, nem costumam se destacar muito. Mas eles são sensíveis, intuitivos, amáveis e cheios de compaixão. E costumam não ser correspondidos. Mesmo que pense de forma mais emocional, ele não gosta de ter regras, porém, também não costuma lutar muito contra as que aparecem. São ótimos em ter segredos, leais e procuram ter uma união mental e espiritual mais do que uma sexual.

   

Os leitores desses signos se identificaram com as escolhas? Deixe aí nos comentários. Lembrando que as datas de cada um podem variar, de ano para ano, então você precisa saber como foi o ano astrológico quando nasceu. E para os mais desavisados, o seu mapa astral, com seus regentes em determinadas casas, também influencia e muito!

“Eu, nasci muito bem, completei 25 primaveras ontem e sou ariano de bater no peito e ter orgulho. Depois de dois sábados marastrológicos, eu fico por aqui, emanando as boas energias dos astros com aquele cheiro, aquela abraço e aquele beijo.”