Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

5 games que poderiam virar filmes pelas mãos de diretores consagrados.

watch dogs legion
Imagem: Divulgação/Unisoft

Hollywood tenta há muito tempo fazer adaptações de vídeo games que agradem tanto ao público quanto à crítica. É uma tarefa árdua, mas que nunca é deixada de lado por diretores, produtores e roteiristas. Eles, inclusive, já trabalham em pelo menos mais dois projetos baseados nos games: “Uncharted” e “The Last of Us”. Esse último é para a TV, mas o nível de produção é tão alto que se assemelha a um blockbuster. Evidentemente, se os dois derem certo, as tentativas devem continuar, e material para isso não falta. Por isso, fizemos uma lista de 5 excelentes jogos com potencial de se tornarem filmes de sucesso pelas mãos de cineastas consagrados

Advertisement. Scroll to continue reading.

Cyberpunk 2077

A história de “Cyberpunk 2077” não é nada inovadora, já que o game da CD Projekt Red, (a mesma de “The Witcher”) bebe muito na fonte de “Blade Runner”. O que faz desse jogo tão cinematográfico é o mundo criado pelos realizadores. A cidade onde a narrativa se desenrola é repleta de personagens e situações interessantes e ao mesmo tempo bizarras. Em Night City, a tecnologia invadiu os corpos através de implantes robóticos que substituem membros e órgãos. Em meio a isso, a luta de classes é inserida, já que apenas os mais ricos conseguem melhorar seus corpos com tecnologia de ponta. Os menos abastados precisam apelar para lixo cibernético e procedimentos clandestinos.

Imagine o que Quentin Tarantino, que está na lista dos diretores mais criativos de Hollywood, faria com algo assim, ainda mais com Keanu Reeves já escalado para o elenco (o ator faz parte do game).

Cyberpunk 2077
Imagem: Divulgação/CD Project Red

Watch Dogs

Se “Cyberpunk 2077” é uma distopia futurista, a série “Watch Dogs”, que já possui três jogos, trata de temas mais contemporâneos. A história é sobre hackers que lutam contra o sistema, principalmente o representado por políticos corruptos e pessoas poderosas e criminosas. “Watch Dogs” pode não agradar a todos na comunidade gamer, mas traz temas sérios para um meio em que a diversão descompromissada geralmente reina. É claro que a produtora francesa Ubisoft pensou primeiramente em divertir o jogador quando deu início ao projeto, mas nem por isso deixou de fora a tentativa de incentiva os jovens e adultos do mundo inteiro a buscar algum tipo de revolução. David Fincher poderia dirigir uma adaptação.

Imagem: Divulgação/Ubisoft

Horizon Zero Dawn

“Horizon Zero Dawn” também é uma distopia que mostra um futuro em que a raça humana foi quase toda exterminada por uma inteligência artificial que cria máquinas assassinas. Para quem apenas lê essa breve sinopse, fica evidente a semelhança com “Exterminador do Futuro”, mas é preciso dizer que o game segue por outros caminhos. Em “Horizon Zero Dawn”, os humanos que ainda sobraram na terra voltaram a viver em tribos, e praticamente não conhecem o passado da espécie. A heroína da história, Aloy, já nasceu nessa nova realidade, e precisará aprender a usar antigas tecnologias para enfrentar as máquinas, que imitam a forma de animais como crocodilos, búfalos etc. A escolha óbvia para dirigir uma adaptação é James Cameron.

Imagem: Divulgação/Guerrilla Games
Leia mais: Filmes Baseados Em Game Que Deram Certo

Gears of War

“Gears of War” é outra ficção cientifica, mas diferentemente de “Cyberpunk 2077” e “Horizon Zero Dawn”, seu foco é simplesmente na guerra. O jogador controla um soldado que, junto ao seu batalhão, precisa libertar o planeta Sera de uma raça alienígena chamada Locust. O Gameplay é composto de intensas e sangrentas batalhas intercaladas com momentos em que a história pessoal dos personagens ganha importância. A adaptação poderia seguir por dois caminhos distintos dependendo do diretor. Michael Bay usaria toda a sua experiencia em filmes de ação e criaria um espetáculo ensurdecedor. Já Steven Spielberg, um dos maiores diretores de todos os tempos, focaria no drama pessoal dos personagens e dirigiria cenas antológicas de guerra, como fez em “O Resgate do Soldado Ryan”.

Imagem: Divulgação/The Coalition

Red Dead Redemption

Dentre os games da lista, “Red Dead Redemption” e sua continuação “Red Dead Redemption 2” são os mais simples tematicamente. A história é sobre a vida de um bando de foras da lei durante o Velho Oeste norte-americano. O jogador controla um desses bandido e precisa assaltar bancos, enfrentar grupos rivais e muito mais. Seria interessante uma adaptação porque o foco estaria nos bandidos e não no forasteiro heroico que salva uma pequena cidade em apuros. Daria para explorar os vários aspectos da condição humana, assim como a própria produtora Rockstar já faz durante o gameplay. Clint Eastwood poderia largar seus delírios republicanos de lado e dirigir algo que fale dos excluídos.

Imagem: Divulgação/RockStar Games

E você, quais diretores escolheria para cada projeto?

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Formou-se como cinéfilo garimpando pérolas nas saudosas videolocadoras. Atualmente, a videolocadora faz parte de seu quarto abarrotado de Blu-rays e Dvds. Talvez, um dia ele consiga ver sua própria cama.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Game de "Os Guardiões da Galáxia" é anunciado. Veja o trailer! | Woo! Magazine

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Após mais de vinte anos da estreia de “Matrix” (1999), Lana Wachowski presenteia os fãs com “Matrix Resurrections”, que teve seu primeiro trailer revelado...

Filmes

Vermelha ou Azul? A Warner liberou um teaser de “Matrix Resurrections“ onde pede para você escolher uma pílula. O video em si é bem curtinho...

Filmes

Divulgações foram feitas no evento CinemaCon Matrix 4 tem nome oficial divulgado e é justamente o que já vinha sendo especulado pelos fãs: “Matrix:...

Filmes

“The Fabelmans” é livremente baseado na própria vida de Steven Spielberg Após anos, Steven Spielberg voltará a roteirizar um longa metragem. “The Fabelmans”, da...

Advertisement