Connect with us

Hi, what are you looking for?

Geek

A estrutura do Anime Friends Rio Tour

Confira como estava a estrutura do evento, dividida em dois pavilhões

O Anime Friends Rio de Janeiro Tour começou no dia 05 de julho e foi até o dia 07, em um dos centros de convenções mais famosos do Rio de Janeiro – O RioCentro. Durante três dias, o evento recebeu artistas internacionais, diversas bandas, youtubers, dubladores, cosplayers e milhares de fãs animados com a primeira edição em terras cariocas.

A Woo! Magazine esteve presente com sua equipe e pode ver de perto todas as atrações do Tour que eles fizeram pelo Rio, com destaque para toda a estrutura que eles montaram para receber o público.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Abaixo, comentamos um pouco sobre os pontos mais importantes.

O Palco Principal

Ao passar pela entrada do evento, já encontramos como cartão de visita o Palco Principal. Foi nesse palco que se apresentaram as principais atrações do evento, além da realização do concurso de cosplay.

O palco estava bem posicionado e a iluminação estava ótima, entretanto, a área destinada a quem adquiriu o Pacote VIP estava constantemente vazia. Além disso, esteticamente, não ficou muito boa – sem falar que a imprensa também não podia acessar nenhuma área de destaque, o que impediu um melhor registro do palco e suas atrações.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Na frente do palco, em um plano mais elevado, foi montada uma área de alimentação composta por food-trucks e mesas, onde os expectadores podiam recarregar as energias ao mesmo tempo em que acompanhavam as principais atrações da noite. Isso poupava o tempo daqueles interessados em todas as atrações do dia no palco principal.

Estandes, Alimentação e Serviços

Todas as outras atividades estavam localizadas no segundo pavilhão. Um amplo espaço onde o público pode se deslocar com conforto. Também era fácil localizar os banheiros e bebedouros, muito bem sinalizados.

As opções para alimentação eram diversificadas, a maioria oferecendo lanches. Contudo, quem precisasse de refeição poderia recorrer aos que fazem parte da estrutura permanente do Riocentro. Além disso, os food-trucks oficiais do evento ofereciam combos com brindes. Os valores estavam um pouco elevados, mas na média se comparado a eventos do mesmo segmento.

Os estandes se dividiram, basicamente, entre vendas e experiências. Com relação aos estandes de experiências, os grandes destaques foram: Zion, Escola de Magia e Bruxaria, e o espaço da Ate Plus para dançar com Just Dance.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Os estandes de vendas estavam dispostos por todo pavilhão. Apesar de contar com lojas importantes para o universo dos animes, sentimos falta de lojas consagradas pelo público geek. Os destaques ficaram com a Sanrio e New Pop.

Na categoria serviços, o trabalho mais relevante ficou por conta da estrutura para receber os cosplayers. De acordo com alguns depoimentos de alguns, o espaço, o guarda-volumes e a atenção dispensada estavam excelentes. Além disso, o evento contava com estandes de fotografia, essencial para guardar um registro de qualidade.

Auditório Anime e Meet & Greet

O Auditório Anime se encarregou de receber as principais atrações do evento para o contato com os fãs. Passaram por lá as estrelas do Tokusatsu, o crítico de cinema Eduardo Miranda, o dublador Guilherme Briggs e a youtuber Haru, por exemplo.

O auditório estava bem iluminado e a qualidade do som ótima. No entanto, o tamanho do auditório foi insuficiente para os painéis de muita procura. Foi uma cena comum ver pessoas sentadas no chão ou esperando do lado de fora, pois não havia nem mais espaço para ficar em pé.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O reservado para o Meet & Greet era pequeno, porém funcional. Estava bem iluminado e a organização do evento cuidou para que a fila não ficasse muito grande. Em contrapartida, não havia muito tempo para interagir com as personalidades que passavam por ali.

Em resumo, a edição do Anime Friends em seu primeiro tour pelo Rio de Janeiro proporcionou uma ótima estrutura para o público, necessitando apenas de pequenos ajustes para as próximas. No próximo fim de semana, o evento será em São Paulo.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Geek

Das multidões dos auditórios aos solitários painéis online durante a pandemia. Lá em 2014, a América Latina recebeu algo até então inédito em seu...

Geek

A edição online da CCXP (a CCXP Worlds) vai trazer as maiores novidades do mundo pop e geek Diante da pandemia do novo Coronavírus...

Filmes

Milla Jovovich, Nanda Costa, Diego Boneta e o diretor Paul W. S. Anderson participam do festival Quem gosta das adaptações dos games para o...

Advertisement