A nova temporada de “Masterchef” terá início hoje, terça-feira, dia 7 de março. O programa referência de audiência da Band, está na quarta edição de cozinheiros amadores. Como o sucesso foi gigantesco, foram exibidos também o “Masterchef Júnior”, com crianças, e o “Masterchef profissionais”, com cozinheiros que já tinham experiência.

A equipe do reality é formada pelos chefs Érick Jacquin, Paola Carosella, Henrique Fogaça e a apresentadora Ana Paula Padrão. Os jurados conquistaram o coração dos brasileiros, cada um com uma personalidade diferente e com seus sotaques típicos. Além, é claro, da fama por serem  rígidos, mas, também, por se emocionarem ao longo dos episódios.

Foto: Divulgação/ Os jurados Jacquin, Paola e Fogaça com a apresentadora Ana Paula Padrão.

O programa foi indicado a diversos prêmios e ganhou na categoria de “programa do ano”, pelo Prêmio F5, em 2014, e “melhor reality show” e “programa de tv”, pelo Prêmio TV foco e Troféu APCA, em 2015.

O Masterchef é baseado no formato original, cujo nome é o mesmo, exibido no Reino Unido, pela BBC. Ele é um dos exemplos de como os programas sobre gastronomia ganharam maior visibilidade e interesse por parte do público, no Brasil e no mundo.

Outros canais abertos também se interessaram por realizar programas com competição na área da culinária, como, por exemplo, o “Cozinha Sob Pressão” , do SBT. Baseado no original Hell’s Kitchen, o programa brasileiro já foi apresentado por Carlos Bertolazzi e Danielle Dahoui.

Porém, são nos canais fechados em que há cada vez mais diversidade nessa área, com programas para todos os gostos e desgostos. O GNT é uma das emissoras que aposta bastante nesse tipo de conteúdo. Com a programação formada desde competições como o “Cozinheiros em ação”, “Que seja doce”, “The Taste Brasil”, até programas com receitas caseiras como o “Tempero de família”, “Cozinha Prática” e “Receitas da Carolina” ou até mesmo algo direcionado para um público específico como o “Bela Cozinha”, que possui receitas sem produtos industrializados.

Não há dúvidas, de que a gastronomia está em ascensão na mídia e na sociedade, e através dos programas de culinária é possível criar uma proximidade com o telespectador e despertar um envolvimento com a área que antes não era de fácil acesso. A alta gastronomia está cada vez mais atrativa e atingível. E aí, quem vai tentar se tornar um chef hoje?


Por Manuella Neiva


Apoia-se

Show Full Content
Previous Seus cabelos precisam descobrir o Óleo de Coco!
Next Resenha: O Mistério do 5 estrelas

1 thought on “A volta do Masterchef e o “boom” dos programas de gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close