Os escritores e professores de língua portuguesa, Augusto Dias e Percio Mina lançaram suas obras nos estandes da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro e do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro (Sinpro-Rio), na Bienal do Livro, semana passada. Sob o selo da editora Conexão 7, os amigos receberam convidados e leitores para autógrafos e fotos. E nós, da Woo! Magazine, não poderíamos deixar de prestigiá-los e bater um papo sobre poesia, arte e educação.

Percio Mina, dando início à roda de conversa com escritores da Conexão 7. Imagem: Divulgação/Bienal Internacioal do Livro (Créditos: Kaye Salles/Woo! Magazine)

“A vida é minha matéria prima”

Durante a conversa, os autores contaram um pouquinho do processo de criação dos livros. Augusto, que lançou Todo Palavra no dia 31/08 no estande da Secretaria de Cultura, disse que para escrever suas poesias, se baseou no cotidiano dele e do mundo. “Tento chegar em algo universal. A vida é a minha matéria prima”, disse o poeta. Na ocasião, ele também participou de uma roda de conversa com autores da Conexão 7, que estavam a apresentar suas obras, desde contos infantis à poesias.

Percio, que foi o mediador do papo, lançaria dias depois (06/09) “Eu Sei”sob o mesmo selo, no estande do Sinpro-Rio. Toda narrativa gira em torno da história de Cartola, narrada por seu filho, Ronaldo Silva de Oliveira. Segundo Mina, seu principal objetivo era falar sobre o cantor e compositor, com o olhar de quem pode viver pertinho do mestre: “Todos nós já conhecemos a história de Cartola, falada na mídia. Mas os detalhes, a visão de quem estava próximo, não. Ter feito esse trabalho com o Ronaldo foi uma realização disso”.

Emocionados com a movimentação no estande – que ficou lotado, eles endossaram o coro em defesa da cultura. Acreditam que a leitura e a troca de conhecimento são fundamentais na mudança de mundo, sobretudo do país – em momentos tão delicados como os atuais.

Augusto Dias, durante sarau. Imagem: Divulgação/Bienal Internacional do Livro (Créditos: Kaye Salles/Woo! Magazine)

O tempo não pára

No mesmo dia do bate-papo, Percio lançou no Centro do Rio, “Cartas para Marielle”. Dedicado à Marielle Franco, o livro foi escrito em parceria com Anielle Franco, irmã da deputada – brutalmente assassinada em 2018. Toda a narrativa foi feita a partir de cartas escritas pela família de ambas, após o triste ocorrido. E sobre projetos futuros, Augusto Dias e Percio Mina não deram pistas, mas afirmaram que seguem em divulgação de suas obras.