Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

Clássicos do cinema hollywoodiano

Filme E o vento levou

O cinema hollywoodiano é referência no mundo todo há muito tempo. Com os seus roteiros bem feitos, com suas técnicas, direções impecáveis e sempre com um time de elenco muito famoso, Hollywood tem dominado o cenário do cinema mundial. E tudo isso começou no início do século passado. Para provar a importância deles para o cinema, segue a dica de 4 filmes que são verdadeiros clássicos.

– E o vento levou (1940)

O clássico dos clássicos. O filme é bem longo, mas vale a pena cada segundo. Ele foi o segundo filme da história do cinema com maior número de indicações ao Oscar, um total de 13 indicações. Também é o segundo filme com maior número de Oscar, com um total de 10 estatuetas. O longa foi lançado em Janeiro de 1940 e contou com a direção de Victor Fleming. O cenário se passa na Guerra de Secessão dos Estados Unidos. A personagem principal Scarlett O´Hara (interpretada por Vivian Leigh) é uma jovem mimada e filha de um rico fazendeiro, porém com as consequências da guerra ela muda e passa a lutar para que a terra dela, Tara, não seja destruída. No elenco também temos Clark Gable (como Rehtt Butler), Leslie Howard (como Asheley Wilkes), Olivia de Haviland (como Melanie Hamilton) e Hattie McDaniel (como Grandmama). Acho que já temos motivos o suficiente para ver e rever um milhão de vez esse filme. Ainda mais com um dos galãs do cinema mundial, Clark Gable, como par da personagem principal.

Advertisement. Scroll to continue reading.

– Cantado na chuva (1952)

Filme Cantando na chuva

“Cantando na chuva” é o clássico musical insubstituível na lista de qualquer um. Não tem como não se apaixonar pelo filme, pela história e, claro, pelos números musicais. Gene Kelly, como sempre, está magnífico. Mesmo tendo acumulado a função de personagem principal (como Don), coreógrafo e diretor, dividindo a cadeira com Stanley Donen. Não é à toa que o longa ocupa a primeira colocação na lista dos 25 maiores musicais americanos de todos os tempos, realizada pelo American Film Institute (AFI) e divulgada em 2006. Sem contar que o roteiro é muito bom, até porque ele faz uma crítica ao início do cinema falado. Também deve ganhar destaque os rostinhos lindos de Kathy Selden (Debbie Reynolds) e Lina Lamont (Jean Hagen), que encenam um conflito pelo coração de Don e pelo sucesso no show business. Outra figura importante é o fiel escudeiro, amigo e pianista de Don Lockwood, Cosmo Brown (Donald O’Connor).

– Casablanca (1942)

Filme Casablanca

“Casablanca” é um clássico dos filmes de romance e foi dirigido por Michael Curtiz. O longa ganhou o Oscar de melhor filme em 1943. O ponto alto de Casablanca é a sua trilha sonora, composta por músicas de Frank Sinatra. A música “Times goes by”, do cantor, é a canção tema do casal e é tocada no filme pelo pianista Sam (Dooley Wilson). O longa conta com um triângulo amoroso entre Rick Blaine (Humphrey Bogart), Isla Lund (Ingrid Bergman) e Victor Laszlo (Paul Henreid). Outro destaque é o cenário de guerra, o filme se passa na cidade de Casablanca, em Marrocos, no meio da Segunda Guerra Mundial.

– Janela Indiscreta (1954)

Filme Janela Indiscreta

Para começar esse filme teve a direção de Alfred Hitchcock, o mestre dos filmes de suspense. O longa é considerado um dos maiores sucessos do diretor inglês. E conta com um dos ícones do cinema no elenco: a atriz Grace Kelly (como Lisa Carol Fremont). A equipe se completa com James Stewart (como L.B. Jeffries), Wendell Corey (como Tn. Thomas J. Doyle), Thelma Ritter (Stella), Raymond Burr (como Lars Thorward) e Alfred Hitchcock (como o homem dando corda no relógio na festa). O longa se passa todo pela janela do apartamento de Jeffries, que está com a perna quebrada e não pode sair. O personagem passa a vigiar a vida dos vizinhos e suspeita de um crime cometido por um deles. Para desvendar o mistério ele contará com a ajuda de sua noiva, Lisa. O jogo que o diretor fez de reproduzir toda a ação pela janela é fantástico. É exatamente isso que faz o filme ser bom. “Janela Indiscreta” recebeu quatro indicações ao Oscar, em 1955, nas categorias de melhor fotografia colorida, melhor diretor, melhor trilha sonora e melhor roteiro.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Esses são os nossos clássicos hollywoodianos, e quais são os seus?


Por Larissa Marques

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Filmes

Todo mundo sabe que Keanu Reeves (“Matrix Resurrections”) é uma das celebridades mais legais que existe. Ele já demonstrou sua generosidade muitas vezes, como...

Crítica

Em 1982, Tom Cruise pilotou caças F14 supervelozes no clássico pop “Top Gun”. Em 2022, Tom Cruise pilota caças F18 hiper velozes no aguardado...

Filmes

Cerimônia aconteceu em Los Angeles Nesse domingo (27) foram entregues os prêmios da Academia de Ciências Cinematográficas de Hollywood. Com poucas exceções, como Belfast...

Filmes

O que fez com que essas cinco estrelas saíssem dos holofotes momentânea ou permanentemente? A princípio, pode parecer que o trabalho dos sonhos é...

Advertisement