O Dia Internacional da Mulher pode até ter passado, mas a gente tá cansado de saber – e aqueles que ainda não sabem, já passou da hora de aprender – que o dia da mulher é todo dia. Todo dia é dia de lutas e de vitórias, de obstáculos e de superações. E na música nacional não é diferente, afinal, se pararmos para analisar, temos mulheres incríveis (verdadeiras Divas Brasileiras), com vozes e músicas arrebatadoras, que conquistaram seu espaço muito antes da gente pensar na existência da internet para divulga-las.

Não importa qual vertente/estilo musical é o delas, o fato é que cada uma viveu momentos que se transformaram em arte, transcenderam o físico e alcançaram o nosso onírico imaginário com suas gravações. Então, nada mais justo que fazer uma homenagem à algumas dessas mulheres brasileiríssimas, cheias de amor e garra! Antes de fazer nosso MixTape eu já estou babando e muito confuso sobre quais devo colocar por aqui, afinal, para quem nos acompanha, já reparou que escolhemos apenas sete músicas e/ou artistas para compor nosso mix, se não a coluna nunca acaba.

Entre muitas idas e vindas mentais, escolhi sete mulheres que dispensam apresentação, texto, história sobre a vida delas e, sua música e voz falam por si só. Vivas ou não, são mulheres eternas que nos representam como artistas e compõem a diversidade brasileira. Então com vocês, nossa seleção de D.I.V.A.S. Brasileiras. Só apertar os players e se deixar levar!

Depois desse Mix tem como não amar a música brasileira? Tem como não se sentir abraçado e abençoado em admirar essas mulheres? E sim gente, sabemos que muitas outras ficaram de fora, afinal mulher maravilhosa na indústria musical brasileira não falta. Agora eu só posso me despedir e repetir toda essa seleção maravilhosa. Então, um cheiro, um beijo e um abraço. Ah! Antes que me esqueça:

Não é não! Respeito é bom e todo mundo gosta. E se viu e/ou ouviu uma mulher ser agredida não pense duas vezes e ligue 180.


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Paulo Olivera

Paulo Olivera é mineiro, Gypsy Lifestyle e nômade intelectual. Apaixonado pelas artes, Bombril na vida profissional e viciado em prazeres carnais e intelectuais inadequados para menores e/ou sem ensino médio completo.

Previous Exposé entrevista o poeta niteroiense Igor Calazans
Next O Protagonismo Feminino nas Obras de Gustav Klimt

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close