Um movimento chamado End Rape on Campus (Em tradução livre: Acabem com os estupros nos campus)  liderado por Andrea Lynn Pino e por Annie E. Clark que ajuda na luta de vítimas de estupro nos campus das universidades americanas deu origem a um documentário chamado The Hunting Ground  que foca na forma covarde como as Universidades tratam as queixas de abusos sexuais vindas de seus alunos e alunas.  Tudo em nome do dinheiro e da predisposição de não deixarem suas  reputações serem  manchadas por casos dessa natureza.

Você provavelmente já escutou falar nesse nome, nome pelo qual Lady Gaga ganhou o Oscar de melhor canção em 2015, com sua  música ‘Till it happens to you, composta em parceria com Diane Warren, a qual virou tema do Documentário. Mas The hunting ground vai muito além, nos mostra como as instituições de ensino mais famosas e renomadas do mundo vem tratando as denúncias desde muito tempo atrás e, também, claramente o rumo que as coisas tomam depois que Andrea e Annie decidem, motivadas pelos sentimentos de injustiça e abandono que sentiram ao exporem seus casos, juntar suas dores em prol de algo maior.

O filme conta com depoimentos de vítimas, com detalhes de casos que foram destaques em algum momento nos lugares onde ocorreram, testemunhos de pessoas influentes que decidiram no meio do caminho aderirem a essa causa e o que aconteceu com elas e como a polícia negligencia as vítimas em nome do grande business que as Universidades se tornaram. Retrata também a história de um famoso jogador de basebol que teve comprovada a prática de estupro contra uma universitária e como ele saiu ileso de tudo isso.

Um documentário deveras impactante, que enfia o dedo na ferida e, inspirador à medida que mostra que quando não temos medo e mas sim, muita coragem, podemos fazer a diferença para um número incalculável de pessoas.

The hunting ground foi lançado em 2014 e está disponível no Netflix.

Vocês não perdem por assistir!  Aperta o play!

Por Aline Vallim