Primeiro, vamos ao mais importante: Você sabe o que é Cosplay?

A palavra Cosplay vem da junção de duas palavras em inglês: Costume que traduzida é fantasia e Roleplay que é brincadeira ou interpretação. Sua origem ao contrário do que a maioria pensa, na verdade é Norte-Americana, mas ficou mais conhecida pela cultura pop japonesa devido ao hobby qual as pessoas se fantasiam de personagens fictícios por diversão.

Em registros, foi Forrest J. Ackerman que estreiou a ideia de se vestir de um personagem, em 1939, na I World Science Fiction Convention, em Nova Iorque. Existe informações que na década de 1970, houve um evento que promovia a entrada gratuita de quem entrasse customizado.

O crescimento desse hobbie ao longo desses últimos 20 anos foi gritante. E com ele ainda temos algumas peculiaridades. Por ser baseado na cultura do “Faça você mesmo”, as fantasias inicialmente eram elaboradas em casa, sem muitos acessórios detalhados, alguns materiais desconfortáveis, Mas agora, tudo mudou. Com esse avanço no mercado, as tecnologias em materiais, vídeos explicativos, várias ideias se propagaram rápido e volta e meia aparece algo que pode ser feito de outra maneira. Em conversa com Gabrielle Paiva, cabeleireira e maquiadora que curte o hobbie desde 2008, ela nos deu dicas interessantes para conseguir looks maravilhosos:

“Hoje em dia temos mais facilidades de encontrar produtos para complementar um cosplay, principalmente as perucas compradas em sites de importados. Mesmo assim, as vezes temos que customizar. O mercado vem se atualizando e tem sido mais fácil de encontrar lentes, acessórios e outros detalhes. Mas como exemplo, o cosplay da Merida, minha irmã Sarita costurou a roupa e o saquinho de guardar as flechas. As flechas, eu fiz de bambu com durepox nas pontas e penas de galinha. Meu pai quem fez o arco com uma madeira, onde ele prensou até pegar o formato de arco. Mas por não ser muito flexível, ficou difícil para manusear, ocorrendo de quebrar com o uso e ter que remendar. Utilizo muito durepox, para deixar os acessórios mais resistentes e dar acabamento em algumas partes. Algumas coisas já até encontramos em lojas, mas muitas das vezes sai bem mais caro do que fazer em casa, por isso costumo criar mesmo. Se for comprar tudo também, fica difícil né? sai muito caro no final. Não que fazer de forma caseira os adornos e roupas saiam tão baratos, os produtos também tem seus custos e diversas vezes elevado, mas ainda sim, na maioria dos casos sai bem mais em conta e fora que é muito bom fazer você mesmo.

Em algumas ocasiões, compro coisas em sites da china que são mais acessíveis e assim consigo poupar e investir em outros cosplays. Suas perucas são bem variadas e até lente de contato em um preço bem em conta, já adquiri do exterior.

No Cosplay de Harley, fiz um misto de Steampunk e Faroeste, onde as armas foram feitas todas de papel molhado e modelado que depois de secar, foram lixadas e pintadas. Gosto muito de manusear o material, pelo menos eu tenho bastante facilidade. E com o papel, dá pra fazer qualquer formato e é só esperar secar. Depois de prontos, são bem resistentes e ainda pode utilizar o durepox para dar mais detalhes. Inclusive, o taco é um tubo de papel de tecido revestido de papel molhado e cola e fita isolante no cabo.

Para finalizar minha experiência como cosplayer, acho muito revigorante fazer a confecção, mas é algo para ser feito com tempo. Para quem gosta é bem divertido. Poder ver algo feito por você mesmo pronto e poder mostrar (ver variáveis de mostrar) , é algo bem estimulante.”

E agora? Vai fazer sua própria customização? Se gosta e quer um dia participar, vamos dar uma conferida como funciona.

Para um concurso cosplay, não vale somente sua fantasia. Quando se quer competir, tem que mostrar quem você é nos palcos. Encenações, danças, imitações de falas e canções são utilizadas para diferenciar suas apresentações. Quanto mais criativa e bem encenada for, mais chances de ganhar.

Pegando como base a Game XP deste ano, que disponibiliza um turorial em seu site explicando como funciona para concorrer e as premiações, encontramos algumas exigências como: Fotos do personagem no qual você vai se apresentar, fotos suas já com a fantasia e um pequeno vídeo demonstrando o personagem. O que não é difícil para participar não é mesmo?

Se você gosta de algum personagem, e curtiria participar de um concurso desses, o que está esperando? Use o “Faça você mesmo” e vamos as forjas! Aqui o seu cosplay também pode ser feito em casa!

Lembrando que nesse final de semana está acontecendo o Concurso Cosplay na Game XP. Os três primeiros ganhadores irão concorrer na CCXP 2019. Aproveita que ainda dá para passar lá no Game Park e conferir esse super concurso. Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais e aqui no site para saber tudo sobre esse mega evento.