Wesley Safadão é um dos grandes nomes do sertanejo universitário. Suas músicas são conhecidas no Brasil todo e o cantor é referência para o gênero musical. Prova disso é que seus shows lotam – e na Festa Gênesis, que aconteceu na última quinta-feira no Clube Monte Líbano no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, não poderia ser diferente.

O evento promoveu a primeira vez de Safadão na zona sul, argumento forte que lotou a casa e promoveu uma festa épica. Quebrando um pouco com a época julina do mês, a festa contou com DJ, Mc’s e a presença de Nego do Borel, que divide um hit de Safadão com Anitta, o sucesso “Você Partiu Meu Coração”.

A Festa Gênesis é um evento da Rádio “Fm O Dia”, e toca todos os sábados na estação de dez à meia noite. É comandada pelo DJ Gasparzinho e pelo DJ Pablo Salles.

A noite estava apenas começando e o Monte Líbano estava lotado. Se tornou responsabilidade dos DJs preparar a galera para o grande sucesso da noite, deixando o ambiente bem eclético e aquecido para o show principal. Os DJs tocaram hits atuais, como “Shape Of You” do cantor Ed Sheeran e “Sua Cara”, canção de Anitta, Pablo Vittar e Major Lazer. O que ninguém esperava era a presença de uma atração surpresa, que não conseguiu cumprir o que era esperado. A festa apresentou a Mc Agata, que cantou uma canção de sua autoria, porém o público não pareceu se importar com a presença da cantora.

A abertura do show foi comandada pelo Mc G15, dono dos sucessos “Você Foi Diferente”, “Deu Onda” e “Eu Falei Pra Ela”, que causou alvoroço no público presente. O funkeiro cantou hits de outros cantores, como “Vai Embrazando” do Mc Zaac e Mc Vigary. Um repertório exclusivo de funk continuou a empolgar os presentes, ainda que G15 parecesse meio perdido e sua função ali fosse apenas de manter o público agitado, algo que Mc Agata não foi capaz de fazer.

Clamado pelo público, Safadão não demorou muito a entrar no palco. Ovacionado, ele cantou canções recentes que rapidamente se tornaram um sucesso, como “Ninguém É de Ferro”, dueto com a cantora Marília Mendonça, “Decreto Liberado” e “Ar Condicionado no 15”. Também cantou “Fala Aqui Com a Minha Mão”, “Solteiro De Novo” e “Fiquei Sabendo” do Aviões do Forró.

Um dos momentos mais marcantes foi quando Nego do Borel subiu ao palco para cantar “Você Partiu Meu Coração”, atraindo todos os presentes, uma vez que o público começou a se dissipar pelo calor e pela falta de espaço, além de algumas confusões causadas pelo álcool. Porém, isso não impediu que o Mc divertisse a audiência restante, que dançava no ritmo do show sem querer que acabasse.

Casa cheia e bebidas alcoólicas costumam causar confusões e, infelizmente, na Festa Gênesis não foi diferente. Algumas pessoas saíram carregadas, passando mal pela bebida, pelo calor e uma mistura dos dois. Outros saíram por confusões arranjadas no local, uma vez que a segurança estava presente e alerta a qualquer tipo de situação inconveniente que estava acontecendo. Nesse ponto, não há como reclamar, todos os problemas eram rapidamente solucionados.

A noite foi se encerrando com mais um show épico para a carreira do cantor. Como sempre, ele promoveu uma noite incrível com sua boa energia, carisma e paixão que tem por sua carreira. Não há quem possa dizer o contrário, Wesley Safadão merece todo o prestígio que tem, pois consegue transmitir para o público o que ele deseja: ter o seu valor. E agora, consolidando-se na zona sul carioca, só prova que o que gritam em seus shows: Vai, Safadão! Continue ganhando e levando o sertanejo por aí.

O cantor retorna ao solo carioca no dia 19 de Agosto, no evento “Garota VIP”.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Júlia Cruz

Acredita ser uma criação do Projeto Leda enquanto espera o Doutor com a sua Tardis. É apaixonada por cachorros, gosta de acender incensos, observar estátuas e tomar café. Descobriu que tudo é passível de crítica e desconstrói os enredos das mais de cem séries que já viu, para os leitores da Woo Magazine.

Previous Michael Bay, Diretor de “Transformers – O Último Cavaleiro”, e a atriz Isabela Moner, Participam de Pré Estréia em São Paulo
Next Resenha: A décima segunda noite. A tragicomédia de Luis Fernando Veríssimo

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close