Sophie Torner afirmou que o filme trata de abandono e descobrir o lar

“X-Men: Fênix Negra” é uma grande incógnita entre os lançamentos do próximo ano da Fox Filmes. O longa já teve o lançamento adiado algumas vezes pelo estúdio sem motivos aparentes e só deve estrear mais de um ano após a data inicialmente prevista. A história do filme será sobre um dos personagens mais importantes e conhecidos do universo “X-Men”, a Fênix Negra.

Sophia Turner, que protagonizará o longa no papel de Jean Grey e Fênix Negra, esteve presente hoje em um dos painéis da CCXP18. A atriz revelou que hoje se sente mais poderosa por interpreta a personagem, o que lhe dá mais segurança. Além disso, ela afirmou que o filme trata de abandono e descobrimento do que é um lar.

Por sua vez, o diretor Simon Kinberg afirmou que o filme carrega muitas diferenças em relação ao muito criticado “X-Men – O Confronto Final”, e que agora a Fênix Negra é a verdadeira protagonista da trama. E, por fim, ele disse que o filme se aproxima muito mais de Logan do que qualquer outro da franquia.

Já a atriz Jessica Jones, que também esteve presente no painel, afirmou que sua personagem é forte e que encoraja Jean Grey a abraçar a Fênix.

E para completar o pacote, dez minutos de filme foram exibidos para o público presente. Nosso colaborador Wladymir Serrano assistiu e trouxe a descrição. Confira abaixo (o trecho possui spoilers):

A cena inicial mostra o foguete se perdendo no espaço e, em seguida, os “X-Men” são chamados para salvar a tripulação. Todos são salvos exceto o piloto.

Raven não quer que eles voltem pra salvar ele, mas o professor os força. Noturno volta com Jean pra resgatá-lo, e ela é atingida.

Raven enfrenta Xavier na volta e fala que sempre as mulheres têm que salvar os homens. E fecha com ela dizendo que a equipe deveria se chamar “X-Woman”.

Confira abaixo o trailer: