No ano passado os fãs dos livros “Desventuras em Série” foram presenteados pela Netflix com uma adaptação que muito agradou a todos. A primeira temporada foi liberada em janeiro de 2017 com 8 episódios. No papel principal estava o queridinho dos viciados em seriados, Neil Patrick Harris, que atuou durante anos na série “How I Met Your Mother” e ficou com a difícil missão de atender as expectativas dos fãs e representar o personagem tão bem quanto foi no cinema por um outro ator de peso. Com mais de um ano de espera para a segunda temporada, os fãs aguardam ansiosamente o dia da estreia: 30 de março.

No dia primeiro de janeiro a Netflix liberou o primeiro teaser do ano, que trazia o personagem de Conde Olaf (Neil Parick Harris), o grande vilão da história, interagindo com os internautas e não entendendo porque a empresa quis que o seu rosto fosse a primeira coisa que víssemos no ano. Junto com a atuação de Harris, os fãs também puderam ver rapidamente algumas cenas da segunda e tão esperada temporada. Mas apesar da boa noticia assim que 2018 se iniciou, logo depois veio a triste: só em março teremos acesso aos próximos capítulos dessa sofrida história dos órfãos Baudelaire. Enquanto isso, a gente espera…
A série literária já havia sido adaptada, mas para as telas de cinema. Em 2004 o filme “Desventuras em Série” foi lançado tendo Jim Carrey no papel principal do vilão e ainda nomes como Meryl Streep, Jude Law e Timothy Spall no elenco. O longa retratou apenas os 3 primeiros livros da coleção de maneira objetiva e nunca foi anunciada uma continuação, para decepção dos fãs. Mas a Netflix resolveu abraçar a ideia e dar vida a todos os livros. Os mais apaixonados assistiram ao filme, acompanham a série, mas tudo começou mesmo através da coleção de livros “Desventuras em série”.

Os livros do autor Daniel Handler, que ao longo da trama utiliza o pseudônimo Lemony Snicket para ser o narrador oculto, conta o drama de três crianças que recentemente ficaram órfãos. Violet, Klaus e Sunny tiveram seus pais mortos em um incêndio criminoso e por causa dos trâmites de um parente distante, acabam ficando na guarda desse impostor, o famoso Conde Olaf. Não é uma história com finais felizes, como deixa claro o narrador desde o começo, inclusive insiste para que o leitor pare de ler imediatamente o livro antes que se arrependa. Mas a inteligência dos irmãos e os planos que eles montam para se livrarem de cada armação do Conde é genial e faz com que acompanhemos essa “triste” história cada vez mais.

No total são 13 livros e ao longo de 4 temporadas a história dos Baudelaire será contada. Recentemente a produção da série anunciou que na primeira temporada os livros “Mau Começo”, “A Sala dos Répteis”, “O Lago das Sanguessugas” e “Serraria Baixo-Astral”, que são os quatro primeiros, já foram contados, inclusive dão nome aos episódios da primeira temporada, e que não seria necessário mais do que 4 temporadas para finalizar toda a saga dos órfãos. Pelo menos dessa vez os fãs já sabem que finalmente o drama infanto juvenil poderá ser assistido por inteiro.

Além de ser uma adaptação de uma saga literária muito boa e famosa, possuir um enredo diferente de puro sofrimento e um narrador que torna a série melhor ainda, “Lemony Snicket – Desventuras em Série” possui um elenco que não deixa a desejar, a começar pelo próprio Neil Patrick Harris, que divide o protagonismo com Patrick Warburton no papel de Lemony Snicket, e nomes como Joan Cusack, Alfre Woodard e Catherine O´Hara. Não tinha como a série não ser tão boa e fiel aos livros.

Esperar a estreia até março não é uma tarefa fácil. A ansiedade dos fãs não foi contentada com um único vídeo, não mesmo. A empresa de streaming divulgou um segundo teaser recentemente e definitivamente isso levou os fãs a loucura. Nesse pequeno trailer vemos que o sofrimento da trama só piora, mas que mesmo assim estamos doidos para continuar acompanhando. Caso você ainda não tenha assistido, segue abaixo:


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Tami Aimée

Ela é a linha tênue entre a tranquilidade e a persistência. Um encontro divertido entre a calma e a dedicação. Uma jornalista que ama e se encanta com o que faz, aprende sorrindo e aceita que o erro é possível e faz parte da natureza humana. Entre um minuto e outro escreve, lê, escuta, canta, produz, analisa, aprecia... Essa é a Tamiris Aimée, essa é a Tami Aimée!

Previous Filme da Batgirl pode ter encontrado nova roteirista
Next Filhotes de dragão, ciborgues e Frankstein no desfile da Gucci

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close