noato 2

Os Melhores Espetáculos do ano passado

O ano de 2015 foi marcado por espetáculos surpreendentes que ficaram na memória do público, garantindo ótimos comentários nas redes sociais e indicações que ajudaram a levar ainda mais pessoas ao teatro. Contudo, um dos grandes problemas de muitas apresentações foi o pouco tempo que essa ficou em cartaz e/ou o preço do ingresso que, em tempos de crise, muitos insistiam em reclamar, o que impeliu muitas pessoas deixarem de prestigiar produtos de qualidade que envolvia uma imensa dedicação dos artistas relacionados.

Entretanto a mostra Gamboaavista, um dos mais notórios e aguardados projetos de seleção e exibição de peças teatrais no Rio de Janeiro, pela quinta vez, promete garantir uma nova chance do público reencontrar em cartaz as peças mais significativas do ano passado.  E o melhor de tudo, o valor dos ingressos é completamente acessível, saindo a R$20,00 para espetáculos adultos e R$10,00 nos infantis. Quem não conseguiu prestigiar alguns trabalhos que gostaria, ou pensa em rever algum outro, essa é uma ótima oportunidade para fazê-lo.

276614_580236_2_irmaos_de_sangue_credito__xavier_cantat

Peça: Irmãos de Sangue – Foto: Xavier Catat

A partir do próximo sábado o Galpão Gamboa, situado na zona portuaria, começa a receber uma diversidade de produções teatrais de alto nível, destacadas pelo público e a crítica especializada, depois de apresentações no Rio e turnês de sucesso pelo país. E para abrir o evento, a curadoria escolheu o elogiadíssimo “Irmãos de sangue“, da Cia franco-brasileira Dos à Deux. Em seguida, o local receberá um show especial com Simone Mazzer com participação de Alice Caymmi.

A cada ano, o Gamboavista se firma mais na cena cultural do Rio de Janeiro. Queremos contribuir com uma programação de qualidade e fortalecer a Zona Portuária como polo cultural e artístico

(Fernando Libonati, diretor do Galpão Gamboa ao lado do ator Marco Nanini)

Serão mais de 20 atrações até o dia 19 de Junho. Espetáculos adultos, infantis, shows farão parte da programação, com destaque para produções indicas e vencedoras de festivais e prêmios importantes como “O pena carioca“, da Cia Atores de Laura que recebeu quatro indicações ao APTR 2015, duas ao Cesgranrio e uma ao Shell; “Abajur lilás“, com direção de Renato Carrera, espetáculo que celebrou os 80 anos de nascimento do dramaturgo Plínio Marcos em 2015 e que está indicado ao Shell na categoria Direção; “Autobiografia Autorizada“, solo de Paulo Betti, indicado ao Shell na categoria Autor; “Mamãe“, solo de Álamo Facó, que recebeu indicações no prêmio APTR e Questão de Crítica; “A Ilíada“, solo de Bruce Gomlevsky, indicado na categoria Ator aos prêmios APTR e vencedor de melhor ator pelo Cesgranrio; “Krum“, da Cia Brasileira de Teatro, direção de Marcio Abreu, com Renata Sorrah, Grace Passô Inez Viana e outros, vencedor do Cesgranrio 2015 de Melhor espetáculo, e com quatro indicações ao APTR e três ao Shell.

276614_580237_foto_igor_mota

Simone Mazzer – Divulgação Foto: Igor Mota

Irmãos de sangue“, abre a mostra no dia 05 de março às 21h, e utiliza-se de músicas, marionetes e vídeos para abordar temas como fraternidade e memórias. Vencedora do prêmio Shell em 2014, nas categorias de cenário (André Curti) e ator (Luanda Ribeiro), a peça investiga os laços fraternos e os conflitos que marcam a convivência familiar. A história se passa no centro das relações entre três irmãos e sua mãe, alternando momentos entre o passado e o presente. – Logo em seguida, às 23h, a cantora Simone Mazzer assume o palco para um super show com direito a participação de Alice Caymmi. Acompanhadas da banda formada por Marco Antonio Scolari (teclado e direção musical), André Berdurê (baixo), Eduardo Rorato (bateria) e Ricco Vianna (guitarra), desenvolvem um repertório especial, combinando músicas do elogiado álbum de estreia, “Férias em videotape”, como “Tango do mal” e “Hypper-ballad”, com músicas do show anterior, como “Cabaré batom” e outras novidades.

Clique na Agenda para acessar todas as informações e serviço do evento.

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelo universo da escrita, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.