6 de dezembro de 2019

Programa de Apoio da Agência ajuda a viabilizar a presença de oito filmes em quatro eventos

Em junho, a ANCINE está apoiando a participação de oito obras audiovisuais brasileiras que foram selecionadas para quatro festivais internacionais. A ajuda vem do Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais e de Projetos de Obras Audiovisuais Brasileiras em Laboratórios e Workshops Internacionais que concede auxílios diversos dependendo da classificação de cada evento: apoio A – confecção de cópia legendada, envio de cópia e apoio financeiro; B – envio de cópia e apoio financeiro; C – envio de cópia.

No Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy, o mais importante evento internacional dedicado ao gênero, que este ano acontece entre os dias 13 e 18 de junho na cidade francesa, a ANCINE concedeu apoio ao curta “Caminho dos Gigantes”, de Alois Di Leo, selecionado para a disputa na Competição Oficial de Curtas-Metragens.

44ª edição do Festival Internacional de Filme de Huesca, que ocorre entre os dias 17 e 25 de junho na Espanha, contará com a participação de dois filmes que receberam apoio da ANCINE: “Cylene”, de André Collazzi e Nara Sakarê, e “Paixão Nacional”, de Jandir Santin, ambos concorrendo na Mostra Competitiva de Curtas Latino-americanos. A participação brasileira na competição conta ainda com o filme “Rosinha”, de Gui Campos.

Na 34ª edição do Festival Internacional de Munique, de 23 de junho a 2 de julho na cidade alemã, a ANCINE contemplou a participação de três obras audiovisuais na Mostra Independente Internacional: “Ralé”, de Helena Ignez; “Orestes”, de Rodrigo Siqueira; e “O Prefeito”, de Bruno Safadi. Da mesma mostra participam também “A cidade onde envelheço”, de Marília Rocha, e “Big Jato”, de Cláudio Assis.

O festival alemão selecionou ainda outras quatro obras brasileiras em três seções: “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho e “Mate-me por favor”, de Anita Rocha da Silveira, participam da Competição Cinevision. “Cinema novo”, de Eryk Rocha, recém premiado em Cannes, integra a programação da mostra Lights! Camera! Action!, e o curta “O melhor som do mundo”, de Pedro Paulo de Andrade, está na mostra Kinderfilmfest, dedicada ao público juvenil.

Fechando a lista, o programa da ANCINE concedeu ainda apoio a dois filmes nacionais selecionados para o 38º Festival Internacional de Cinema de Moscou, que será realizado entre os dias 23 e 30 de junho, na capital russa. São eles: o longa-metragem “Quase memória”, de Ruy Guerra, que compete na Mostra Principal e o documentário “Espaço Além – Marina Abramovic e o Brasil”, de Marco Del Fiol, que concorre na Mostra Competitiva de Documentários.

Saiba mais sobre o funcionamento do Programa:

Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais e de Projetos de Obras Audiovisuais Brasileiras em Laboratórios e Workshops Internacionais concede subsídios diversos a projetos audiovisuais convidados para 35 laboratórios ou workshops no exterior e a filmes oficialmente convidados para 95 festivais internacionais. As regras para a concessão do apoio estão dispostas no regulamento do programa. Mais informações podem ser conseguidas pelo e-mail [email protected].

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Daniel Gravelli

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelos universos da escrita e da atuação, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.

Previous Quer estar presente na pré-estréia do filme O Caseiro em São Paulo?
Next Mundinho kids agita o mês de junho no Metropolitano

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

A estrutura do Anime Friends Rio Tour

10 de julho de 2019
Close