Promoção de Pré-estreia

Quer estar presente na pré-estreia do filme “O Caseiro” em São Paulo? A Woo! Magazine está disponibilizado 5 pares de ingressos para você e um acompanhante. A pré-estreia será no dia 14 de Junho no Cinemark Eldorado às 21h. Para participar, basta ser um dos 5 primeiros a comentar no post, marcar seu acompanhante e é claro, curtir nossa Fanpage. O resultado será dado até domingo (12/06) e os ganhadores terão que enviar os nomes e e-mails para terem o nome garantido na porta do evento.

Poster novo caseiro

Sinopse:

Davi é um cético professor, famoso por escrever um livro que explica fenômenos paranormais através da psicanálise. Um dia, após uma aula, ele é abordado pela jovem Renata, que pede sua ajuda para desvendar os estranhos acontecimentos que rondam a casa de sua família. Julia , sua irmã mais nova, misteriosamente aparece com várias marcas no corpo e seu pai acredita  que o espírito de um antigo caseiro , que suicidou-se há 40 anos está causando os terríveis fatos. Davi, então, mesmo receoso, decide aceitar o convite para passar um fim de semana na casa, para averiguar o que está acontecendo e encontrar uma explicação lógica, distante das crenças da família. Contudo, as coisas podem ser mais complexas do que sua ciência pode explicar.

O filme, que teve o roteiro escrito a seis mãos por Julio Santi, Felipe Santi e João Segall, estreia em 23 de junho nos cinemas.

Ficha Técnica:

O Caseiro (Brasil, 88 min., 2016)

Direção: Julio Santi

Roteiro: Julio Santi, Felipe Santi e João Segall

Elenco: Bruno Garcia, Leopoldo Pacheco, Denise Weinberg, Malu Rodrigues

Produção: Rita Buzzar (Nexus Cinema) e João Segall (Urano Films)

Direção de fotografia: Ulrich Burtin

Direção de arte: Adriana Faria

Edição: Hélio Vilela Nunes e Julio Santi

Som: Leonardo Ciotti

Música: Tomaz Vital

Confira o Trailer Oficial do Filme:

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Aimée Borges

Aimée Borges gosta de dançar ao vento, beber água gelada e sorrir para Lua. Apaixonada por contos e fadas, deixa-se levar por sua curiosidade que a transporta para um mundo ainda mais louco que o da Alice.

Previous O cinema francês de braços abertos
Next ANCINE apoia a participação de filmes brasileiros em festivais internacionais em junho

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close