NoEscurinho2

Novo filme da Disney dirigido por Steven Spielberg

A Disney vem chegando com mais um filme encantador, produzido e dirigido por Steven Spielberg. “O Bom Gigante Amigo” é baseado no livro de Road Dahl e conta a história da órfã Sophia (Ruby Barnhill), que é levada por um gigante (Mark Rylance) quando ele percebe que foi visto por ela de sua janela em um orfanato de Londres. Chegando à terra dos gigantes, a menina descobre que os humanos são o prato principal e arma um plano com seu novo amigo, o Gigante Nanico (que na verdade é vegetariano, doce e tímido, apesar de seus 7 metros) e a Rainha da Inglaterra (Penelope Wilton), para aprisionar os gigantes sem chances de fuga.

No elenco estão Mark Rylance, Ruby Barnhill, Penelope Wilton, Jemaine Clement, Rebecca Hall, Rafe Spall e Bill Hader.

Road Dahl, também é autor de clássicos conhecidos como “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, “James e o Pêssego Gigante” e “Matilda”. A estreia está marcada para o dia 28 de julho de 2016.

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?


Vakinha

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Gleicy Favacho

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?

Previous Crítica: Rua Cloverfield, 10
Next #iLoveWoo: Woo & Você: Um caso de amor

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close