A San Diego Comic Con está rolando e, com ela, uma enxurrada de novidades para diferentes mercados incluindo, claro, o cinematográfico e televisivo.

A última notícia a deixar os fãs eufóricos nas redes sociais é a liberação do empolgante segundo trailer do aguardado “Liga da Justiça”. Cheio de ação e mistérios, o vídeo mostra a reunião de alguns dos heróis mais amados da DC Comics.

A trama começa após a morte do Superman, um momento em que vemos um Batman mais reflexivo, tentando encontrar meios para livrar a terra de certos vilões. Com isso, ele parte em busca de encontrar outros heróis com o mesmo sentimento, afim de reunir um time de combatentes imbatíveis capazes de defender o mundo das ameaças que vem pela frente. Nessa jornada, nossos heróis enfrentarão nada menos do que o Lobo da Esterpe, um dos grande inimigos da Liga e braço direito do senhor da guerra alienígena, Darkseid. E juntos, eles precisam impedi-los de encontrar três poderosos artefatos escondidos nos confins do planeta.

A produção traz um elenco recheado de estrelas, com nomes como Ben Affleck (Bruce Wayne / Batman),   Henry Cavill (Clark Kent / Superman), Gal Gadot (Diana Prince / Mulher Maravilha), Ezra Miller (Barry Allen / Flash), Jason Momoa (Arthur Curry / Aquaman), Ray Fisher (Victor Stone / Ciborgue). Além de Ciarán Hinds, Willem Dafoe, Amy Adams, Jesse Eisenberg, Jeremy Irons, Diane Lane, Connie Nielsen, J. K. Simmons.

A direção ficou por conta de Zack Snyder, o mesmo que deu vida a “Batman Vs Superman”,  e Joss Whedon (“Vingadores – Era de Ultron”).

O filme da “Liga da Justiça” estreia ainda esse ano nos cinemas brasileiros, no dia 16 de novembro.


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Daniel Gravelli

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelos universos da escrita e da atuação, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.

Previous Resenha: Melissa em Ellipsia
Next Crítica: O dia mais feliz na vida de Olli Mäki

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close