Todo fã de anime já sonhou em ter a sua história favorita adaptada para os cinemas. Algumas acabam bem sucedidas. Outras acabam frustrando. E tem algumas que nem deveriam ter sido produzidas! Entre personagens ruins e histórias confusas, o artigo de hoje é um serviço para aqueles que não querem sofrer na frente da TV. Listamos alguns dos piores live actions já feitos.

Black Bluter (Kuroshitsuji)

Um dos animes mais queridos dos fãs, teve em 2014 sua primeira adaptação para o cinema. O entusiasmo se transformou em frustração. A direção simplesmente mudou um dos personagens principais, o jovem Ciel Phantomhive. No anime, o personagem é um garoto de 13 anos. No filme, uma garota. Essa mudança foi muito criticada pelo fãs, simplesmente por não acrescentar nada na narrativa. A personagem tem as mesmas características físicas e de personalidade do protagonista do anime. Foi apenas uma mudança de gênero. Algumas especulam que essa troca ocorreu pelo simples fato do anime ter tendências homossexuais. Além disso, o cenário original foi mudando. Em vez da Inglaterra antiga, a obra se passava no ano de 2020, quebrando totalmente o clima da história. Sem contar com cenas de lutas fracas e atuações bem questionáveis.

Your Lie in April (Shigatsu wa kimi no uso)

Para quem ainda não assistiu este anime, recomendo que faça isso logo. Uma das histórias mais bonitas já produzidas entre os animes causou um alvoroço no público ao ser anunciado. Contudo, quando foi lançado no cinema, a decepção tomou conta dos fãs. O filme não é a pior coisa já produzida, mas está muito (mas muito mesmo) longe da obra original por conta de alguns pontos.

Os personagens não são nada carismáticos. Tudo parece muito forçado, nada é natural. Parece que estão fazendo qualquer coisa por obrigação. Isso acontece muito por conta do fraco roteiro e das péssimas atuações.

A história não consegue sensibilizar o espectador. Enquanto o anime era capaz de mexer até com o mais frio dos corações, o live action fica devendo. A história fica mais parecendo um romance barato com um pouco de drama, do que de fato com um drama de uma história bem pesada. Ao assistir o anime e depois do filme, há uma grande chance de você acabar derramando lágrimas. Mas não é por causa do filme. É porque, possivelmente, você associará o filme ao anime. Vai lembrar das cenas da animação.

Death Note

O anime é um dos mais bem conceituados e aclamados pela crítica. A história cheia de mistérios, estratégias e debates filosóficos, fez com o que anime arrebatasse uma legião de fãs pelo mundo. Contudo, quando a história foi parar nos cinemas, a recepção foi bem diferente.

A adaptação oriental da obra para as telonas até que foi bem recebida pelos fãs e pela crítica. Agora, quando o ocidente resolveu fazer a sua própria versão… Foi aí que as coisas se complicaram. Ano passado, a Netflix lançou em sua plataforma uma nova versão de “Death Note”. Porém, o que tinha tudo para ser interessante, se tornou um fiasco. Com atuações fracas, uma história confusa e personagens totalmente descaracterizado, seja física ou psicologicamente, a obra já é considerada um fraco e está na lista dos filmes mais odiados pelo universo otaku.

Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)

Simplesmente é um dos animes mais aclamados de últimos tempos. Com uma história empolgante, o anime traz ao espectador um enredo repleto de mistérios e reviravoltas. Por conta do enorme sucesso, os japoneses resolveram produzir um filme em live action. E novamente erraram feito. Os personagens foram descaracterizados, a personalidade deles não tinha nada a ver com aquilo que foi – e está, porque o mangá e o anime ainda estão sendo lançados – apresentado em obras anteriores.

Os efeitos especiais foram bem limitados. Em vez dos bizarros titãs, parecia haver na tela um grande número de japoneses pelados devorando pessoas. Foi muito bizarro. Esperando o sucesso, pouco tempo depois foi lançado outro filme que também foi um fracasso. É, erraram feio nessa, Japão!

Dragon Ball Evolution

Essa lista não poderia terminar sem contar com o maior craque dos live actions ruins, “Dragon Ball Evolution”. Era óbvio que a marca de anime mais popular do planeta iria ganhar uma versão para o cinema. Na mesma intensidade em que a expectativa para o filme subiu, ela desmoronou depois do lançamento. Isso tudo por um motivo simples: não era Dragon Ball. Era qualquer outra coisa menos Dragon Ball.

História fraca e sem sentido, personagens nada carismáticos, atuações questionáveis é um vilão em que nada lembrava o Piccolo. Nunca aquela máxima “era melhor ter visto o filme do Pelé” fez tanto sentido. Acho que todo mundo que pagou para ver o filme, deve estar até hoje tentando conseguir a devolução do dinheiro.

Se você já sofreu com essas indicações, se liga que em breve teremos os melhores live actions para assistir a vontade! Se você lembra de alguma grande adaptação ruim, deixe nos comentários. Não se esqueça de compartilhar também nas redes sociais. Até a próxima!