Para os que esperavam o dia após o sequestro ou, pelo menos, as consequências do mesmo, já garanto que “Promises You Can’t Keep” não dará muito espaço para esse tópico. Como de costume na série, a bola da vez é a festa organizada na mansão Carrington para o Senador Paul Daniels (Rick Hearst). Contudo, vindo de Blake (Grant Show), obviamente, há algo sujo por trás dessa homenagem.

Atenção: o conteúdo abaixo possui spoilers do décimo segundo episódio de Dynasty. Confira os outros reviews aqui.

De fato, o sequestro que foi o tema central do episódio anterior, era apenas uma nuvem passageira. Todos parecem estar de volta em suas rotinas e, no caso de Sammy Jo (Rafael De La Fuente) e Steven (James Mackay), algumas mudanças foram necessárias – principalmente, o endereço de ambos.

Embora a mansão seja teto, agora, de menos 2, Fallon (Elizabeth Gillies) visita-os com frequência – esta que é considerada excessiva pelo irmão mais velho. Além desse ato genuíno de levar almoço e jantar regularmente, a patricinha decidiu resolver sua rivalidade com Monica (Wakeema Hollis), irmã de Jeff Colby (Sam Adegoke) e atual de Michael (Robert Christopher Riley).

Sem muita surpresa, a antiga amiga não deu papo para a herdeira, mas com o papo rude na frente de Culhane, sem querer, deixou com que o namorado ficasse sabendo do término do irmão com Fallon. Apesar de, nitidamente, essa novidade ter mexido com o motorista, ao longo do episódio, ele continua firme e forte com Mônica.Quanto a Cristal, a sua grande participação da vez foi tentar consertar os erros do marido e tentar impedir sua exposição. Blake, mais uma vez envolvido com propina, sairia prejudicado em uma matéria do importante jornal local, caso a esposa não interferisse. Embora a CEO da Carrington’s Atlantic adore bancar a surpresa com tanta sujeira – inocência que até soa um pouco ridícula, já que ela sabia com quem estava se casando -, a venezuelana conhece bem as regras do jogo e entra sempre para a cartada final.

No caso deste episódio, diferente do ritmo monótono do anterior, grandes revelações foram adquiridas pelo público. Uma delas não acrescenta tanto a narrativa, em si, mas os fãs de Gossip Girl, com certeza, irão gostar da participação de Kelly Rutherford, a mãe de Serena Van Der Woodsen (Blake Lively). Não há indícios de que será uma aparição longa, visto que seu papel é pequeno e não muito importante para a série. Dessa vez, ela aparece como a mulher do senador homenageado, mas que, apesar de muita classe, gosta de soltar um veneno para cima de Cristal.

Já a segunda surpresa, é essencial para o rumo da obra. Finalmente, Mônica descobre o porquê do interesse de Jeff na amiga de infância. A princípio, o pedido de se tornar uma aliada nesse jogo é negado por parte dela. Contudo, como de costume no final do capítulo, há a reviravolta com Mônica mostrando-se uma vilã ainda pior que o sócio de Fallon.

Ao juntar a visão geral da história, foram 42 minutos que passaram rápido e com muitas brechas para os seguintes. Tendo Sammy como assistente e dois rivais na cola, o que será de Fallon e suas jogadas certeiras?


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Morg Melo

É da Cidade Sorriso e, sim, sorri de uma ponta a outra olhando para o Rio de Janeiro que, claro, continua lindo. Ama filmes de comédia romântica e suspense, chora em alguns - até porque chora, inclusive, em comercial de TV -, não curte nem um pouco terror e defende com unhas e dentes seus personagens preferidos das suas séries. Geminiana e... isso já diz tudo.

Previous Slam Resistência dos Cria
Next Robert Kirkman confirma crossover entre “Fear The Walking Dead” e “The Walking Dead”

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close