Dessa forma o Rock in Rio busca fazer um mundo melhor

No dia da Amazônia, o Rock in Rio apresenta todo o seu acervo de guitarras assinadas por artistas no leilão “Por Um Mundo Melhor” , que tem toda a verba angariada revertida em árvores para o projeto Amazonia Live . São instrumentos que desde o Rock in Rio 2010 vêm sendo assinados por grandes nomes da música nacional e internacional como Erasmo Carlos, Ed Sheeran, Simoninha e outros. Desde a abertura do leilão no dia 26 de agosto, já havia mais de 350 lanças, dos quais o mais alto já chega a mais de 11 milhões de reais para uma guitarra assinada pela banda Imagine Dragons na presença de ganhadores na Cidade do Rock.

Gisele bündchen em discurso a favor da proteção da Amazônia durante o Rock in Rio. Imagem: Divulgação / Rock in Rio (Créditos: Alexandre Durão / G1)

A participação é muito simples, basta acessar a plataforma eSolidar – (responsável por todos os leilões realizados pelo Rock in Rio ). Nesta edição, assim como em 2017, todo o valor angariado terá como destino a reflorestação da Amazônia, com gerenciamento das verbas de carga do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade ( FUNBIO ) e execução do projeto de carga do Instituto Socioambiental (ISA) . Sendo todas as verbas doadas, serão depositadas diretamente na conta do Funbio. Para quem deseja contribuir apenas com uma árvore, basta acessar o site . É preciso ficar atento ao cronograma das lanças. Para os leilões de Meet and Greet, as lances terminam no dia 22 de setembro. Já para os leilões de artistas do primeiro fim de semana do festival, termina no dia 02 de outubro. Os artistas do segundo fim de semana do festival, os lances se encerram no dia 10 de outubro.

Desde 2016, o Rock in Rio já plantou mais de 3 milhões de árvores e tem uma meta ambiciosa de restaurar 28.000 hectares na Amazônia até 2023. Isso só será possível, por meio de doações públicas e parcerias com entidades de importância mundial, como o projeto Paisagens Sustentáveis ​​da Amazônia, gerido pela Conservação Internacional. Com o projeto Amazonia Live ou o Rock in Rio, seus parceiros oferecem oportunidades a agricultores familiares e comunidades indígenas de gerar renda e permanecer nas suas aldeias de origem.


Imagens e Vídeo: Divulgação/Rock in Rio