E a gente tá amando isso!

Você já se imaginou vivendo em um lugar onde, uma vez por ano, durante 12 horas, qualquer tipo de crime (incluindo assassinatos!!!) fosse cometido livremente, com a permissão do Estado? E, mais que isso, durante essas mesmas 12 horas, todo o serviço de saúde e segurança estariam suspensos, aumentando ainda mais o pânico?

É bizarro, né? Mas essa é a narrativa contada no filme Uma Noite de Crime (2013) (The Purge, em inglês), também na sua sequência Uma Noite de Crime – Anarquia (2014) e o que se espera de 12 Horas Para Sobreviver – O Ano da Eleição, que estreia no Brasil ainda esse mês. A base das histórias, que se passam nos Estados Unidos, mostra que, num futuro próximo, um feriado nacional seria nomeado como “Noite de Crime”. Nesse dia, todos os cidadãos estariam dentro da lei caso quisessem cometer algum delito.

Pode até parecer loucura, mas a ideia do diretor e roteirista James DeMonaco é bastante parecida com as premissas de Jogos Vorazes e até mesmo com o que os gladiadores faziam na Roma Antiga: todo ser humano possui instintos primitivos – que inclui violência – e que precisam ser saciados. Assim, para não extravasarem no dia a dia, o que geraria caos na sociedade, as pessoas poderiam “guardar as suas energias” para a Noite de Crime e os governos teriam um maior controle.

E se três filmes já trazem muitos minutos de horror, suspense e sangue, para os telespectadores que curtem a sequência vem novidade por aí. Essa semana, o criador das obras anunciou que a trilogia vai virar uma série de TV!

Em entrevista ao Cinema Blend, DeMonaco contou que pretende produzir a série com um toque antológico. Seriam em torno de sete episódios em que os acontecimentos se conectariam através de flashbacks. Neste formato, ele também teria a oportunidade de explicar o que deu início a Noite de Crime. “Gosto da ideia de um seriado de dez horas porque é algo que não pode ser feito no cinema, mas que acrescenta nuance e complexidade ao explicar o que faria uma pessoa cometer um ato horrível durante essa noite, seja por vingança ou desejo”.

A série ainda não tem uma emissora definida ou data de estreia – até porque antes disso o terceiro filme será lançado no Brasil em 6 de outubro (vejam o trailer abaixo) – mas já adianta que serão noites de muitas emoções para os fãs da trilogia.


Por Michele Matos