9 de dezembro de 2019

Nós passamos boa parte dos nossos dias só checando nosso feed do instagram, olhando a timeline do twitter, escutando música no spotify, vendo vídeos no youtube e curtindo todo tipo de conteúdo no Facebook. Contudo, muitos de nós não sabemos as muitas possibilidades que esses aplicativos disponibilizam. Sabia que dá para salvar stories do instagram?  E que é possível encontrar tweets antigos sem ter que carregar todos os mais recentes? Para te ajudar a desvendar alguns desses segredos, fizemos uma lista com algumas das funções menos conhecidas das redes sociais.

Spotify

  • Olhe seu histórico de músicas: Gostou daquela que tocou no aleatório, mas não sabe o nome? Assim como o Youtube, o Spotify também tem um histórico. Basta clicar no símbolo de “fila” que ao lado estará o histórico, mas deve ser pelo desktop ou notebook.
  • Ouça suas músicas no Uber: Basta conectar sua conta do Spotify no aplicativo do Uber. Se o serviço estiver disponível no carro que você solicitar, a barra de música aparecerá na parte de baixo da tela, aí é só escolher o seu som e curtir a viagem
  • Sessão privada: para você que quer ouvir aquela sofrência ou aquela trilha sonora de desenho infantil, mas não quer que ninguém saiba é fácil. Vá até “configurações” e em “redes sociais” haverá a opção de tornar a sessão particular. Pelas próximas 6 horas nenhum dos seus seguidores saberá o que você está escutando.

Instagram

  • Análise gratuita: Quer saber quantas pessoas visitaram seu perfil? E qual foi o seu story mais visualizado na semana? Agora não é preciso mais baixar nenhum outro aplicativo ou pagar por estes serviços. Basta transformar a sua conta pessoal do Instagram em uma “marca”. Em “opções” haverá a possibilidade de transformar seu perfil em comercial, basta ter uma página no Facebook e vincular. A partir desta configuração é possível também promover suas fotos mediante a um pagamento.
  • Salve os stories: gostou da foto ou do vídeo que algum amigo ou celebridade postou em seu story do instagram? É só baixar o “storysaver” que você consegue salvar qualquer mídia de story na sua galeria
  • “Calendário” de stories: Essa é uma função relativamente nova, mas bem legal. No seu perfil, no canto superior direito tem um símbolo de relógio, ali é possível ver seus últimos stories e suas datas.

Whatsapp

  • Tenha uma conversa com você mesmo: Essa função é bem útil para salvar mídias para ver depois ou até mesmo para passar para o computador. Você tem dois modos de criar uma conversa com você mesmo: Uma é criando um grupo com algum outro amigo e removê-lo ou salvar o seu próprio contato e iniciar uma conversa consigo mesmo.

Twitter

  • Assim como o instagram, o Twitter nos dá uma análise gratuita de quantos seguidores perdemos, ganhamos e quantas pessoas viram a nossa publicação. Diferente do Insta, não é preciso transformar sua conta do twitter em conta comercial. Basta acessar o analytics.twitter.com. Ou se preferir, em cada um dos seus tweets tem a “atividade do tweet” ao lado do like, por lá é possível ver quantas pessoas visualizaram seu tweet, se alguma clicou no seu perfil ou na mídia que você publicou.
  • Ver seus tweets antigos sem carregar os mais novos: quer lembrar o que alguém tweetava em 2010? Não é mais necessário navegar pelo perfil até chegar em 2010. Basta ir até twitter.com/search-advanced e colocar no nome da conta e a data que deseja.

Facebook

  • Desative a reprodução automática de vídeos: Se você já passou pelo embaraçoso momento de estar em um ambiente silencioso com outras pessoas, olhando seu Facebook quando um vídeo começa a rolar e você desesperadamente tenta pausa, essa dica é para você. Para desativar a reprodução automática de vídeos acesse o menu “Configurações” na versão web do Facebook e procure por “Vídeos”. A segunda opção desta tela, “Reprodução Automática de Vídeos”, está ativada por padrão. Basta mudar para “Desativado” e pronto!

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Cecília Quevedo

Cecília é brasileira sofredora de 7x1, eterna admiradora da seleção de 82 e de um futebol bem jogado. Gosta de samba, moda, literatura, artes plásticas e coisas que envolvam a América Latina de uma forma geral. No mais, acha extremamente difícil falar de si na terceira pessoa.

Previous Crítica: A luta do século
Next Crítica (2): Em Pedaços

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Resenha: O Roubo das Agendas – Adriana Gattermayr Ribeiro

20 de dezembro de 2016
Close