Connect with us

Hi, what are you looking for?

Séries/TV

4 novelas de época que deixaram saudade

As clássicas novelas de época da Globo quase sempre são um enorme sucesso. Elas vão ao ar, em sua gigantesca maioria, na grade das 18h, onde elas são conhecidas como as “novelas das seis”. Trazendo ao espectador sensações como nostalgia ou curiosidade sobre um tempo antigo e seduzindo-o com todo o charme especial que só conteúdos audiovisuais inspirados em tempos passados têm, as novelas de época muitas vezes deixam saudade e um gostinho de quero mais. Um exemplo disso é a trama “Chocolate com Pimenta” ter sido reprisada duas vezes no “Vale a Pena Ver de Novo”, mostrando a força que as tramas de época têm.

Para relembrar das tramas que fizeram as pessoas viajarem no tempo, aqui vai uma lista com 4 novelas de época que deixaram saudade.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Alma Gêmea”

A trama de Walcyr Carrasco que tinha como tema central reencarnação foi um fenômeno. A trama gira em torno no eterno amor de um homem e uma mulher, amor que nem a morte conseguiu separar. Nela, em 1927, o botânico Rafael (Eduardo Moscovis) e a bailaria Luna (Liliana Castro) se conhecem e é amor à primeira vista, mas, durante um assalto, após o amado reagir para defendê-la, Luna é baleada e morre. No momento da morte da bailaria, em uma casa muito simples, nasce Serena (Priscila Fantin), filha de uma índia com um garimpeiro, e é possível entender que ela é a reencarnação de Luna. No decorrer da novela, já ambientada em 1948, Rafael e Serena se conhecem e vivem uma linda história de amor, cheia de empecilhos e muito emocionante. Com personagens carismáticos (quem não lembra da Mirna, interpretada por Fernanda Souza?), enredo emocionante, uma ótima vilã vivida por Flávia Alessandra e uma música de entrada atemporal, “Alma Gêmea” é um sucesso lembrado até hoje com muito carinho.

“Chocolate com Pimenta”

Outra trama de Walcyr Carrasco, “Chocolate com Pimenta” foi um fenômeno. Estrelada por Mariana Ximenes e Murilo Benício, ela conta a história de Ana Francisca (Marina), menina que após perder o pai vai morar em Ventura com uma parte da família que não tinha muito contato. A história da menina que era considerada o “patinho feio”, que dá a volta por cima e que busca vingança foi um sucesso. Ambientada em 1922, a trama tinha elementos que prendem o espectador, como uma heroína interessante, núcleos carismáticos, a presença do cômico, amor verdadeiro e personagens divertidos. Além disso, os figurinos da novela eram de tirar o fôlego, tornando a trama incrível em diversos âmbitos.

“O Profeta”

Um remake da telenovela de Ivani Ribeiro, “O Profeta” foi escrita por Duca Rachid e Thelma Guedes e supervisionada por Walcyr Carrasco. A trama de passa nos anos 1950 e conta a história de Marcos (Thiago Fragoso), jovem que tem o dom de prever o futuro. Ao longo da trama o amor do profeta e de Sônia (Paola Oliveira) passa por vários desafios, entre eles o noivado dela com Camilo (Malvino Salvador), primo de Marcos, com quem ela tinha uma relação antes de conhecer Marcos. Com personagens coadjuvantes marcantes como Carola (Fernanda Souza), a novela ainda é lembrada com muito carinho.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Êta Mundo Bom!”

A gente sabe que a trama é boa quando ela mal acaba e já deixa saudade. A mais recente dessa lista, “Êta Mundo Bom!” é uma novela de 2016, escrita por Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo. Ambientada em 1948, a trama conta a história de Candinho (Sérgio Guinzé), que foi separado da mãe ainda recém-nascido. O menino foi acolhido por Cunegundes (Elizabeth Savalla) e Quinzinho (Ary Fortuna) e viveu com eles e seus filhos Filó (Débora Nascimento), Mafalda (Camila Queiroz) e Quincas (Miguel Rômulo) na fazenda Dom Pedro II, mesmo com a preferência deles pelos filhos de sangue. Apesar disso, Eponina (Rosi Campos), irmã de Quinzinho que também vive na fazenda, e Manuela (Dhu Moraes), a empregada, sempre protegeram o ingênuo Cadinho. A história de Candinho é uma longa aventura, passando pelo seu relacionamento com Filó e sua jornada até encontrar a mãe, tudo sempre acompanhado de seu fiel escudeiro, o burro Policarpo. Com comédia em doses generosas, “Êta Mundo Bom!” foi uma jogada certíssima!

E aí, sentem falta de alguma dessas? Conta para a gente nos comentários!


Por Carolina Sá

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Durante um evento feito para os Investidores, a Disney anunciou alguns projetos da franquia “Star Wars”, entre séries da Disney + e filmes (que...

Séries/TV

Matthew Perry revelou através de sua conta no Twitter a suposta data de início das filmagens do especial de “Friends“. Segue o texto do...

Séries/TV

Os Streamings da Disney+ e da Globoplay poderão ser assinados juntos, a partir de R$ 37,90 ao mês.  Quem se interessar pode acessar o...

Advertisement