Inova Arena disponibiliza espaço exclusivo para desenvolvedores brasileiros

Durante os quatro dias da Game XP 2019, diversas atrações estarão disponíveis para o público. Entretanto, uma dessas arenas cederá seu espaço para exibir as mais recentes novidades hightechs do Brasil e do mundo. A Inova Arena é o local onde a inovação da tecnologia é exibida e debatida em palestras interativas e estandes.

Além disso, a arena conta com o Dev Park, uma parceria do Governo do Estado com a Secretaria de Cultura. O espaço é destinado para a exibição de jogos indies brasileiros. Desenvolvedores do Brasil inteiro tiveram a chance para exibir seus projetos nos estandes. Apesar de o cenário nacional dos games ser tão prestigiado quanto no exterior, os projetos apresentam uma ampla variedade de gêneros e ideias originais.

Uma delas é o projeto Contato, desenvolvido pela Acesso Tecnológico LTDA. O jogo, que ainda está em fase de beta segundo seu desenvolvedor, Lenon Stelman, é um simulador para o tratamento de autismo. As limitações de uma pessoa portadora de autismo a impedem de realizar certas atividades. Sendo assim, o jogo faz o jogador entender como diferentes tipos de interações o aproxima ou o afasta  do autista. Além disso, a arte do jogo faz um inteligente uso de cores para pontuar a progressão do jogador no decorrer das fases.

Outra novidade é BEJJ, que foi desenvolvido pela Smash Mountain Studio. Apesar da disputa ser feita numa luta de jiu-jitsu, o jogo é classificado como um jogo de estratégia. Cada movimentação, aplicação de golpes e finalização é feita através de cartas de diferentes aspectos.

Imagem: Divulgação/Game XP 2019 (Crédito: Woo! Magazine/Aimée Borges)

Jogos para mobile

Não são só os jogos para computador que têm espaço no Dev Park. Os games para mobile também tiveram seu destaque. Um deles foi o app Let’s Zeppelin, desenvolvido pela Gazeus Games, conhecida por produzir jogos clássicos como Paciência. Em contrapartida aos seus projetos anteriores, o jogo procurou inovar com uma espécie de batalha naval com um tabuleiro hexagonal. O jogo está disponível no Google Play e na App Store.

Do mesmo modo que a Gazeus inovou com seu jogo, o projeto Jabuti, da Jabuti Tech, procura explorar a tecnologia de AR (Realidade Aumentada), a mesma usada em Pokémon Go. De acordo com os desenvolvedores, o projeto procura conscientizar os jogadores sobre a importância da fauna brasileira ao procurar diferentes espécies nacionais com o aplicativo.

O espaço

Ao contrário de alguns estandes de jogos nas arenas maiores, o Dev Park oferece algo que os demais espaços não podem oferecer. O contato direto entre jogador e desenvolvedor. Em outras palavras, o desenvolvedor tem em primeira mão a experiência do público quando testam os seus jogos. Além disso, os estandes possuem monitores e notebooks, disponibilizados pela arena para a exibição dos jogos. A cada dia de evento, também serão realizadas palestras na Inova Arena com alguns nomes conhecidos de desenvolvedores de jogos conhecidos.

Para saber mais sobre cada atração da Game XP 2019, não deixe de acompanhar a nossa cobertura exclusiva nos quatro dias do evento.