Connect with us

Hi, what are you looking for?

Literatura

Chapeuzinho Vermelho como você nunca viu

Imagem: Divulgação/Galera Record/Editora Record

Jovem escritora brasileira surpreende ao fazer releitura do clássico da literatura. Sob a Capa Vermelha, de Mariana Vitória, traz uma Chapeuzinho mitológica e medieval

Imagine uma menina com uma capa vermelha. Qual personagem vem primeiro à sua cabeça? A resposta é um tanto óbvia: Chapeuzinho Vermelho. Agora, já parou para pensar como seria este clássico da literatura se a garota fosse uma adolescente e vivesse na era medieval? Com uma trama envolvente, Mariana Vitória reuniu mitologia com fantasia e criou a surpreendente releitura: “Sob a Capa Vermelha”, obra do gênero young adults – ou jovens adultos, publicada pela Galera Record.

O livro conta a história de Norina, que inicia uma jornada sombria ao viajar para o outro lado do mundo com o objetivo de salvar a sua mãe Ros. A personagem sempre temeu os “Indomados”, mesmo sem nunca ter saído de casa e visto um deles. Apesar disso, precisará sair em uma missão em busca de sua mãe.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Nor (Norina) terá que se passar por uma princesa que está morta chamada Rhoesemina, garota que dada como desaparecida pela família. A proposta foi feita pela vilã Viira – também chamada de Rainha das Rainhas – que pretende usar essa esperança para o seu bem e encontra na inocência de Nor a peça que faltava para o seu plano.  Em troca, a protagonista terá a sua mãe de volta, caso leve a filha de Viira para casar com o príncipe de Gizamyr.

Imagem: Divulgação/Galera Record/Editora Record

Esta fantasia épica é repleta de intrigas, aventuras, traição e romance. Um prato cheio para os fãs de livros ao estilo de “Game of Thrones”, inclusive a obra foi comparada ao clássico mundial por se tratar de um romance medieval, com lugares, idiomas, reinos e povos criados pela autora para dar vida ao livro.

“Não podia esquecer as coisas que vira dentro dela, a saudade, o sofrimento e o amor que sentia, tão intenso que machucava. Era verdade que teria preferido uma vida como a dela (…) mas havia aprendido a amar as quatro paredes de casa, de um modo ou de outro, e por isso era grata.” Sob a Capa Vermelha – pag. 128

A forma criativa que Mariana conta a história de Norina e Ros condiz com seu perfil jovem. A escritora conquistou o concurso “Sua história nos dez anos da Galera“, feito em comemoração aos dez anos da Galera Record, da editora Record.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Literatura

Ambientado nos anos 40, romance da escritora brasiliense, Juliana Valentim, aborda temas como amor e solidariedade, ultrapassando as barreiras do tempo O trabalho escravo...

Literatura

Produção acaba de ganhar teaser e poster ‘Bom Dia, Verônica’, obra de Ilana Casoy e Raphael Montes e editada pela DarkSide Books, já tem...

Literatura

Obra reúne depoimentos de mulheres vítimas de violência domestica que rompem o padrão de silêncio da sociedade Das 4.936 mulheres mortas no Brasil em 2017,...

Literatura

Poeta catarinense reúne em novo livro ou o sucesso de quatro obras: Humanos, Nove, Ócio e Espectros numa antologia sem igual É tempo de...

Advertisement

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.