Sempre tem um dia que não se tem nada para fazer e a única solução é procurar um filme para ver. Porém, nem sempre tem um realmente bom a nossa espera. Normalmente, o dia que não temos nada para fazer é quando sempre procuramos um filme na televisão, os filmes do Telecine e da HBO são ótimos para passar o tempo. Na maioria das vezes a HBO tem os filmes com as histórias mais interessantes, mas não se deve deixar o Telecine de lado. Nesses dias, o filme “Creed: Nascido para lutar” que estreou no Brasil no início de 2016 é uma ótima pedida, os fãs de Rocky Balboa irão amar.

Os motivos para falarmos desse filme são muitos, o fato de ser uma grande produção não é uma delas, mas uma coisa é clara, o ritmo dos diálogos são bem diferentes dos outros filmes com Rocky Balboa, a música só acrescenta no filme com uma mistura muito boa de hip hop e música eletrônica, além do aparecimento da icônica trilha de quando os lutadores entram no ringue no momento perfeito. (Os que assistiram aos outros filmes entenderão!) Quer saber um pouco mais sobre o filme, confira a crítica da Woo! Magazine aqui.

Para os fãs de luta e para os lutadores de plantão é uma ótima forma de passar o tempo. Quem é fã dos filmes de Rocky Balboa, com certeza, vai adorar o filme.

O primeiro filme de Rocky Balboa foi lançado em 1976, por isso para quem gosta do gênero e quem está envolvido no universo da luta, não pode deixar assistir (Por mais que nem todos os filmes da série tenham histórias tão originais!).

O filme

O filme é de 2015, mas os fãs de Rocky Balboa, com certeza não iam deixar passar essa oportunidade. Em cartaz agora na HBO, podemos aproveitar um pouco mais a produção.

Com Sylvester Stallone no elenco, como um dos personagens principais e também na produção do filme. Dessa vez, com o roteiro é de Ryan Coogler que criou um ritmo bem diferente dos outros filmes de Rocky Balboa cujos roteiros são do próprio Sylvester Stallone. “Creed – Nascido para lutar”, no entanto, foi feito para ser um filme autônomo com uma história que relembra o passado de Rocky e não necessariamente é uma sequência.

No Brasil, o filme veio nomeado como “Creed: Nascido para lutar“, mas em Portugal, por exemplo, se chama “Creed – o Legado”, talvez por passar uma mensagem de que Rocky Balboa – Sylvester Stallone – esteja passando o seu conhecimento, passando inspiração para o novato Adonis, interpretado por Michael B. Jordan, interpretando o filho de Apollo Creed.

No elenco, também podemos contar com Tessa Thompson, interpretando Bianca, Tony Bellew, interpretando Conlan, Michael Buffer e Jacob “Stich” Duran, interpretando eles mesmos.

O filme vale a pena, talvez por juntar Cinema e luta em apenas um só lugar.

Sinopse

Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador e, enquanto um luta pela glória, o outro luta pela vida.