Connect with us

Hi, what are you looking for?

Crítica

Crítica: A Delirante História de um Homem Morto

Liberdade é uma palavra que traz diferentes significados para o ser humano, bem como diferentes sensações. Uma pessoa pode não conhece-la, mas ainda assim ansiar por ela, como em A Delirante História de um Homem Morto.

Samuel é um jovem que vive com sua mãe, Elis, uma vida totalmente inconveniente. Nunca lidou com a liberdade, mas anseia por ela, mesmo sem saber o que é. Elis é uma pessoa doentia, que fez de seus medos o norte para a criação do filho.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Ambos vivem em uma casa cercada pela natureza, sem vizinhos para dividir as paredes ou se intrometerem, então o que acaba acontecendo com eles é bem crível, afinal, não é tão difícil assim manter segredos.

O filme muito bem poderia ser baseado em algum fato. Hoje, as relações estão estranhas e obsessivas, onde a independência acaba sendo um item raro e escasso. A visão de Samuel não é muito clara e acaba nos dando infinitas possibilidades de interpretação.

A obra é um curta-metragem, as histórias, porque além do protagonista, ainda há a de Elis, não são todas reveladas. Não há quebras dentro do roteiro, ele está fluido e bem construido, além de deixar uma base sólida para um possível longa.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Paulo Oliveira faz um bom trabalho como o atormentado Samuel. É sempre um desafio ficar com um personagem com tantas nuances e a interpretação que Paulo imprime no personagem é sólida e verossímil. Helga Nemeczyk está muito bem como a dúbia Elis, uma figura que claramente carrega uma bagagem maior do que a mostrada e a interpretação de Nemeczyk é ampla e segura.

O curta opta por trabalhar com tons de preto e branco para passar as sensações que quer que o publico sinta. A sonoplastia faz uso de alguns recursos para agregar ao sentimento de isolamento, falta de liberdade ou qualquer que seja o sentimento de quem estiver vendo a película.

A direção de Daniel Gravelli é sensível e ao mesmo tempo firme. O diretor tem boas ideias sobre a execução do filme e as coloca em prática, entregando um produto que deixa-se aberto a várias interpretações, além de uma boa premissa para obras futuras.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A Delirante História de um Homem Morto está sendo enviado para diversos festivais.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Reader Rating0 Votes
0
8.5

Marya Cecília é goiana de nascimento, mora em São Paulo há seis anos e ainda assim não consegue lidar com o clima 4 estações em um dia que rola nessa cidade. Tem umas manias esquisitas, tipo ver um filme que gosta várias vezes, mas esta tentando lidar com isso (ou não). Falando nisso, ela não faz questão nenhuma de ser normal, então podemos apenas seguir em frente!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Filmes

Longa de Gustavo Rosa de Moura ainda tem no elenco grandes nomes como Karine Teles, Mariana Lima, Du Moscovis e Jessica Ellen. Estreia 21 de julho nos...

Filmes

Vivencie histórias de amor com esses filmes para curtir no dia dos namorados É hora de separar um tempinho, para junto com o seu...

Crítica

A atual guerra entre Rússia e Ucrânia trouxe o sentimento de impotência em todo o cidadão consciente do planeta, isso porque parece impossível para...

Filmes

De 11 a 18 de maio o Cinesesc recebe a 10ª edição da Mostra Tiradentes | SP. Dentre os destaques, serão exibidos os filmes premiados...

Advertisement