Certas frases modelos fazem com que nossos pelos se arrepiem até a última pontinha do cabelo. Exemplos clássicos são: “Em casa a gente conversa” (se for dita pela sua mãe), “precisamos conversar” (se foi o namorado, marido, peguete…) … “baseado em fatos” (se vier do seu filme de terror favorito).

E hoje, a Literando vem com força total no sobrenatural nos fatos de pessoas de carne e osso, com situações nem tão reais assim. A Woo! Magazine caiu de cabeça nas histórias de Ed e Lorraine Warren. O casal que ficou famoso nos filmes Invocação do mal (1 e 2).

Antes de falarmos dessa dupla mega especial, vamos só relembrar o que se passou nos filmes que foram sucesso no cinema, e que já deixam ansiosos os amantes do terror por uma parte 3. (Prevista para 2018)

Em Invocação do Mal 1, o casal Warren formados por Patrick Wilson e Vera Farmiga tem como missão ajudar a família Perron. Os Perron são constituídos pelo pai, mãe e cinco filhos. E eles vêm sendo assombrados pelo espírito maligno de uma bruxa que não trabalha sozinha. Não é só ela quem faz um verdadeiro inferno na vida dos nossos investigadores, bem como na vida da matriarca da família. Os fantasmas que habitam a mansão vêm de um longo contexto histórico que desafia toda e qualquer lei da física.  Lembrando que esse mesmo filme rendeu o spin-off, Annabelle, que na minha opinião, prometeu e não cumpriu.

Já em Invocação do Mal 2, nossos anjos na terra vêm em socorro de uma garotinha. Que passa pelos mesmo clichês das possessões demoníacas que vemos em filmes desse gênero. O fato, é que essa parte dois, acaba explicando o que a parte um deixou passar. E também aborda mais teoricamente o trabalho de Ed e Lorraine. Deixando, inclusive, a internet em polvorosa quando supostos áudios originais do caso foram lançados na rede. Tal filme também vai render um spin-off, que carrega o nome provisório de “A freira” e que tem previsão de lançamento ainda esse ano.

Daí, com sucesso garantido nas telonas, a editora Darkside não jogou para perder. E em 2016 relançou o livro Ed e Lorraine Warren: Demonologistas. Que foi escrito por Gerald Britlle. A obra original, na verdade, data de 1980. Mas acredita-se que naquela época, talvez o livro fosse um fracasso de público, caso fosse lançado aqui. Já que os interesses eram outros e o sobrenatural, talvez, um tabu.

A primeira coisa que vocês precisam saber é que nada do que está escrito ali denota ficção. O livro todo é composto de entrevistas que Ed e Lorraine fizeram ao longo da vida. Portanto, trata-se de um gênero quase biográfico não ficcional, o que faz (e aí com razão), a frase “baseado em fatos” ter todo sentido.

Annabelle existe! E a edição do livro foi tão bem feita, que a editora manda uma foto original da “simpática” boneca como marcador. Já a freira não é parte da história original. Na verdade, ela foi uma invenção para o cinema para ajudar a promover o segundo filme da franquia.

O livro conta como o casal se conheceu. E como tudo na existência de ambos, conspirou para que eles levassem uma vida rodeados de fantasmas (entidades humanas) e demônios (entidades inumanas). A obra em si, é pura teoria, com as explicações e termos técnicos de pessoas que estudaram muito para chegar onde chegaram.

Tudo muito bem fundamentado, exemplificado; temos até transcrições de áudios de conversas entre Ed. e demônios. Mas não vá achando que justamente por ser um livro mais teórico, ele não é assustador. Pensar que tudo que está descrito ali aconteceu de verdade, nos faz refletir que há muitas coisas nesse mundo que simplesmente carecem de um uma explicação que não, não vamos ter.

Para você, amante de um bom terror vale apena a leitura. E para você que está super curioso para saber qual será a história em Invocação do Mal 3, faça suas apostas. A história vai sair dessa obra muito bem alicerçada em entrevistas e acercamento ao mundo sobrenatural.


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Kinha Fonteneles

Érica nasceu no subúrbio do Rio de Janeiro, mas deveria ter nascido nesses lugares onde se conversa com plantas, energiza-se cristais e incenso não é só pra dar cheirinho na casa.
Letrista na alma, e essa bem... é grande demais por corpinho de 1,55 que a abriga.
Pisciana com ascendente E lua em câncer. Chora quando está feliz, triste, com raiva e até mesmo com dúvida.
Ah! É uma nefelibata sem cura.

Previous Crítica: The Love Witch
Next Dica de Produção Teatral: Como divulgar meu espetáculo?

2 thoughts on “Ed e Lorraine Warren: Demonologistas – O sobrenatural, nem tão natural assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close