13 de dezembro de 2019

O Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF) é um dos festivais de cinema mais importantes e prestigiados do mundo, ocorre todo ano durante duas semanas na cidade canadense. Reúne longa-metragens, curtas, documentários e animações aclamados pela crítica do mundo inteiro, que terão previsão de lançamento para o final do ano e é considerado uma espécie de termômetro na disputa pelo Oscar.

Esse ano, o festival ocorreu de 8 à 18 de Setembro e teve  o musical “La La Land -Cantando Estações” como o preferido do público e grande favorito à disputa pelo Oscar 2017. O longa faz uma homenagem aos clássicos musicais do cinema, como “Cantando na Chuva” e “Grease”.

Em segundo lugar ficou “Lion”, o longa conta a história real do indiano Saroo (Dev Patel), adotado quando criança por uma família australiana após uma tragédia. Também na linha baseado em história real ficou “Rainha de Katwe” em terceiro lugar,  relatando a vida nada fácil de uma jovem jogadora de xadrez de Uganda.

O Festival também contou com outros destaques como a estréia do documentário “The Rolling Stones Olé Olé Olé!: A trip across Latin America” , a turnê latina dos dinossauros do rock que culminou em um show histórico em Cuba . Outro destaque um tanto curioso foi o filme que já está dando o que falar por suas cenas fortes, “Raw” é um filme francês que aborda a história de uma estudante universitária que é vegetariana e aos poucos se transforma em uma canibal.

O Brasil marcou presença no festival com o lançamento de “Aquarius”, com Sonia Braga no elenco vivendo Clara, uma moradora de Aquarius, último prédio de estilo antigo da Av. Boa Viagem, no Recife. Clara é uma jornalista aposentada, viúva, que irá enfrentar as investidas de uma construtora que tem outros planos para aquele terreno: demolir o Aquarius e dar lugar a um novo empreendimento.

O Festival Internacional de Toronto ao lado de Cannes e Berlim, é um grande evento cinematográfico, mas possui algumas diferenças. Não existe um prêmio formal, existem algumas distinções avaliadas por um painel de jurados, mas continua a ser essencialmente o público que aponta os seus preferidos.

Por Bruna Tinoco

Show Full Content
Previous Crítica: Stonewall
Next Criatividade! Eternizando os noivos em miniatura

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Novidades no nosso MixTape

24 de setembro de 2016
Close