Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

A Glória e a Graça: Falando sobre o filme

Foto: Daniel Gravelli (Woo Pro)

A cada ano, é possível criarmos uma lista pomposa de ótimas produções nacionais cinematográficas realizadas com ou sem incentivo governamental. Uma tarefa não tão complicada, uma vez que o nosso mercado possui profissionais competentes e determinados à lutar para o seu crescimento. Mesmo não tendo aqui uma profissão tão valorizada como lá fora. Muitos projetos chegam a demorar quase uma década para saírem do papel e, quando isso acontece, não ficam nem uma semana direito em cartaz.

Exemplo disso é o filme “A Glória e a Graça”, que traz a global Carolina Ferraz vivendo o papel mais desafiador de sua carreira: Uma travesti bem resolvida com sua vida e pronta para enfrentar desafios nunca antes imaginados. A produção já está uma semana em cartaz e conta a história e aborda o reencontro de duas pessoas da mesma família. Uma premissa simples, mas de extrema importância para o momento em que vivemos.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Quando Graça descobre que está com uma doença terminal e não tem ninguém para cuidar de seus dois filhos pequenos, a solução é contatar o irmão Luiz Carlos. Ao encontra-lo, ela percebe que perdeu muita com coisa com o tempo e a distância. O irmão que ela conhecia tornou-se Glória, que independente de gênero, alcançou todos os seus objetivos. Todavia, o estranhamento é inevitável para Graça que tenta a todo custo esconder os seus pensamentos atualmente conservadores. Mas a convivência com Gloria vai provar que o amor e o caráter de uma pessoa vai além de sua opção sexual.

A história de reaproximação familiar devido a casos de doenças, já foi bastante batida pelo cinema, entretanto Mikael de Albuquerque e Lusa Silvestre conseguem dar um novo ar para o enredo, o que nos proporciona uma história leve, humana e verdadeira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nós, da Woo! Magazine, estivemos presentes na coletiva de imprensa do filme e conversamos com o diretor Flávio R. Tambellini, que pode nos contar um pouco sobre o seu processo de realização e a luta que foi dar vida a essa obra que demorou quase nove anos para sair do papel. E no mesmo dia, ainda tivemos a oportunidade de bater um papo com as atrizes Sandra Corveloni, Carol Marra e a Carolina Ferraz que também assina a produção do filme.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Para saber o que rolou na coletiva de “A Glória e a Graça”, clique no vídeo abaixo. Agora, se quiser saber em detalhes o que achamos da produção, acesse nossas críticas e venha se deleitar e quebrar paradigmas com o melhor do cinema brasileiro.

Crítica 1 Crítica 2.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Confira também as entrevistas que fizemos com o elenco e diretor.

“A Glória e a Graça”- Entrevista com Flávio Tambellini

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelos universos da escrita e da atuação, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Filmes

De 11 a 18 de maio o Cinesesc recebe a 10ª edição da Mostra Tiradentes | SP. Dentre os destaques, serão exibidos os filmes premiados...

Filmes

Após um longo período de interrupção, a CINEMATECA BRASILEIRA, instituição responsável pela preservação e difusão do maior acervo audiovisual do país, reabre as portas para...

Crítica

O filme “Deserto Particular” de Aly Muritiba, que chega essa semana aos cinemas, é o escolhido para representar o Brasil na corrida do Oscar...

Filmes

A Mostra Internacional de Cinema estendeu até o dia 31 de julho as inscrições para a sua 45ª edição, que neste ano será realizada...

Advertisement