Disco chega às plataformas na próxima sexta-feira (23)

“Lover” ainda nem chegou oficialmente no mercado e já é um sucesso. Segundo informações da revista Variety, só na pré-venda, o disco de Taylor Swift já arrecadou 1 milhão de cópias vendidas. E seguindo a linha dos outros lançamentos, a cantora investiu pesado em “easter eggs”, ou seja, referências contendo dicas, pistas e símbolos nos clipes.

A capa de “Lover”, de Taylor Swift. Imagem: Divulgação/Taylor Swift (Créditos: Universal Music Group)

O primeiro single do foi “ME!”, que contou com a participação de Brendon Urie, vocalista do Panic! At The Disco. Dirigido por Swift e por Dave Meyers, o clipe já começa com uma cobra virando uma borboleta – uma alusão à mudança da era “Reputation”, seu disco anterior, para a nova era. No vídeo, há desde um diálogo entre os dois cantores com a frase “You need to calm down”, que seria a próxima faixa a ser disponibilizada, à menção de grandes musicais como “Cantando na Chuva” e “O Mágico de Oz”. Já na letra, há críticas à competição em que cantoras pop são postas na atualidade. 

Dito e feito. You Need To Calm Down”, segunda música de trabalho, também chegou cheia de easter eggs. Já no início, há referência à uma frase que Cher usou durante uma entrevista em 1996, que ficou bem conhecida pelo público. A música anterior também serviu de gancho para o clipe. Adele, Ariana Grande, Beyoncé, Cardi B, Katy Perry, Lady Gaga, Nicki Minaj e a própria cantora, foram representadas na cena do “Concurso de Divas Pop”. Na capa, a transição de fases dos álbuns de Taylor é novamente lembrada. 

O vídeo também foi completamente pró-LGBT. Além de contar com uma petição que exige proteções legais para gays, lésbicas e transsexuais, a produção também fez referências à Ellen DeGeneres, o elenco da série Queer Eye“, RuPaul, Laverne Cox, entre outras. Entre todas as celebridades que aparecem, há uma que merece uma menção especial: Katy Perry. Afinal, quem não se lembra das diversas brigas envolvendo ela e Taylor?! Mas isso são águas passadas. E a prova disso foi o abraço das duas.

Ao final, o ator Ryan Reynolds aparece pintando a fachada do Stonewall In”, bar de Nova York onde aconteceu um dos eventos mais importante para os movimentos pelos direitos LGBT dos Estados Unidos. O vídeo já ultrapassa os 117 milhões de views.  

Taylor e Katy em “You Need to Calm Down”. Imagem: Divulgação/Taylor Swift

A faixa-título foi lançada na sexta passada (16) e já alcançou o 1º lugar nos Estados Unidos. No ranking mundial, a canção está em 4º lugar, com quase 5 milhões de plays. Na letra, ela pede para as pessoas  se levantarem para que ela faça um grande anúncio. E, então, canta: “I take this magnetic force of a man to be my lover. My heart’s been borrowed and yours has been blue. All’s well that ends well to end up with you”. Esta última frase é tanto uma referência a uma peça de Shakespeare (“All’s Well That Ends Well”), quanto à música de 2012, “All To Well”. O clipe será divulgado nesta quinta-feira (22). O que podemos esperar por aí?