“This Is Acting” será lançado no dia 29 de Janeiro

Depois do estrondoso sucesso de seu álbum “1000 Forms Of Fear”, em 2014, emplacando sucessos como “Chandelier” (que lhe rendeu 4 indicações no Grammy Awards), “Big Girls Cry” e “Elastic Heart”, Sia veio revirando a internet com o lançamento de vários singles de “This Is Acting”, seu novo álbum, que será lançado na próxima sexta.

A cantora e compositora australiana, que já compôs para diversos artistas como Christina Aguilera (You Lost Me), Rihanna (Diamonds), Beyoncé (Pretty Hurts) e muitos outros, traz em seu novo álbum canções rejeitadas por várias cantoras, principalmente pela Rihanna que até dias atrás não havia terminado seu novo álbum “ANTi”.

Ainda no ano passado Sia laçou os singles “Alive”, composto em parceria com Adele, mas que a britânica não quis para seu álbum “25”. Quando lançado na internet, em setembro, a música conquistou fãs em todo o mundo e se tornou um viral com mais de 10 milhões de visualizações em menos de 24h.

A segunda música lançada em novembro não rendeu tanto no You Tube, mas ainda assim, é uma excelente música, repleta de energia e aquela sensação de libertação.

Não satisfeita, ela lançou outra música no mesmo mês. “One Million Bullets” veio como uma baladinha emocional que é a cara da cantora, se bem que a cara dela é o que menos temos visto. Depois que ela entrou na onda de não usar sua imagem e conquistar reconhecimento apenas por suas músicas, ela passou a usar perucas e mascaras que tampem a maior parte de seu rosto. Na minha humilde opinião, puro marketing e de ótima qualidade.

Antes do ano acabar a australiana lançou “Cheap Thrills”, que foi originalmente composta para o novo álbum de Rihanna, com o objetivo de ser o “New Diamonds”, mas a faixa foi rejeitada e em sua entrevista para a Rolling Stones contou um pouco sobre como a música ficou em seu álbum.

“O empresário dela disse: ‘Nós queremos ‘Diamonds”. Precisamos de alma, queremos uma música que tenha algum sentido. Eu fui atrás do Greg (Kurstin, produtor), e foi isso que surgiu. Percebi assim que comecei a editar que estava um pouco brit-pop demais para ela. Tava mais para Icona Pop. Nós realmente mandamos a música para ela, mas eles rejeitaram, e aí eu simplesmente não conseguia parar de ouví-la no carro. Por alguma razão, eu realmente gostei de ficar ouvindo essa música, o que fez eu me sentir um pouco masturbatória, porque normalmente eu não saio por aí ouvindo minhas próprias músicas. Há algo realmente edificante nessa música que me deixa de bom humor, e eu gostaria de fingir que não sou eu cantando (risos). Ela soa muito bem para o verão e é bem divertida. ”

Eu particularmente amei essa música e já quero elas nas baladas. PFVR! Obrigado. De nada.

Quando 2016 começou a inquietante cantora lançou “Reaper”, que também era para Rihanna e foi produzida por Kanye West. Ela disse que de seu novo álbum ela é a música que menos gosta, mas deixou como um “carinho” à seu empresário que adora a música.

Mais uma vez, não satisfeita, ela soltou a sexta música de seu álbum. A potente e emocional “Unstoppable”, tem uma sonoridade e um poder emotivo muito próximo da primeira música lançada e há quem diga que ela lançará a faixa “Angles By The Wings”, que fará parte do documentário “The Eagle Huntress”.

Sexta-feira já está na porta e só nos resta esperar pelo novo álbum. Eu disse esperar? Esperar o [email protected]$a&*%! Você pode ouvir o cd completo da Sia aqui.