NoEscurinho2
Documentário sobre a Ativista Transexual

No dia 15 de abril, às 20h30, o cine Odeon exibirá o documentário “Meu Nome é Jacque”, com roteiro e direção de Angela Zoé, que conta a trajetória de Jacqueline rocha Côrtes, uma mulher transexual brasileira, ativista no combate ao HIV e à Aids , que há 22 anos é portadora do vírus e tem sua trajetória marcado por lutas e conquistas como representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas. No documentário são abordadas questões como diversidade, sexualidade e o preconceito, através dos depoimentos de Jacque e amigos, familiares, colegas e médica.

12909699_10201690779066754_6982410904217228746_o
A exibição ( feita em parceria com o Cineclube Lgbt) do longa-metragem contará com a presença da própria Jacqueline e de sua família, e será seguido de debate e uma festa.

“Meu nome é Jacque” é uma coprodução da Documenta Filmes, Globo Filmes e Globonews, com patrocínio da UNAIDS, do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, da ONU Mulheres e da ANCINE e terá sua estreia na Globonews no dia 7 de maio de 2016.

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?


Vakinha

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Gleicy Favacho

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?

Previous Nova temporada da série “Os Suburbanos” estreia no Multishow
Next Eu quero essa “Casa na Árvore” e você também irá querer!

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close