NoEscurinho2
Documentário sobre a Ativista Transexual

No dia 15 de abril, às 20h30, o cine Odeon exibirá o documentário “Meu Nome é Jacque”, com roteiro e direção de Angela Zoé, que conta a trajetória de Jacqueline rocha Côrtes, uma mulher transexual brasileira, ativista no combate ao HIV e à Aids , que há 22 anos é portadora do vírus e tem sua trajetória marcado por lutas e conquistas como representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas. No documentário são abordadas questões como diversidade, sexualidade e o preconceito, através dos depoimentos de Jacque e amigos, familiares, colegas e médica.

12909699_10201690779066754_6982410904217228746_o
A exibição ( feita em parceria com o Cineclube Lgbt) do longa-metragem contará com a presença da própria Jacqueline e de sua família, e será seguido de debate e uma festa.

“Meu nome é Jacque” é uma coprodução da Documenta Filmes, Globo Filmes e Globonews, com patrocínio da UNAIDS, do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, da ONU Mulheres e da ANCINE e terá sua estreia na Globonews no dia 7 de maio de 2016.

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?