8 de dezembro de 2019

NoEscurinho2

Primeiro longa de Aly Muritiba

O roteirista, diretor e produtor cinematográfico Ary Muritiba dirige seu primeiro longa-metragem, “Para minha amada morta” um filme que fala da história de Fernando, que desde a morte de sua esposa, cuida sozinho de Daniel, seu único filho. Todas as noites ele arruma as coisas de sua esposa como uma forma de manter sua lembrança viva e, em uma dessas arrumações, encontra uma fita VHS que muda o rumo da história.

O Roteiro do filme ganhou o Global Filmaking Award do Sundance Institut em 2013.
Aly Muritiba é realizador e também um dos idealizadores e diretores artísticos do Olhar de Cinema, Festival Internacional de Curitiba.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Gleicy Favacho

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?

Previous No Escurinho: Estreia para julho: Dois caras legais
Next Sapatos, muitos…

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Falando de estreias

24 de dezembro de 2016
Close