O terror cada vez vem conquistando mais o seu espaço e os americanos são prova disso. O filme o Homem nas Trevas estreou e saiu disparado ficando à frente de Esquadrão Suicida nas bilheterias.

O custo da produção saiu por volta de US$ 10 milhões e em sua primeira semana faturou US$ 26,4 milhões. A história fala sobre três jovens criminosos, que roubam objetos de casas de ricos, em busca de melhorar a vida. Em uma escolha infeliz, eles resolvem invadir a casa de um ex-militar cego.

Tramas como essas vem sendo cada vez mais procuradas pelo público e as produtoras acabam lucrando muito pois os custos são bem baixos em relação a filmes de super-heróis e ficção científica.

Jane Levy;Fede Alvarez;Stephen Lang

O terror hoje tornou-se um atrativo muito forte para as grandes indústrias cinematográficas. O sucesso de filmes do gênero como Invocação do mal 2, Quando as Luzes se apagam e Águas Rasas fazem com que o mercado abra os olhos para novos caminhos. E, no Brasil, não tem sido tão diferente.

Algumas produtoras tem se arriscado em trazer algo inovador além das comédias besteiróis que somos basicamente obrigados a assistir por virem em excesso para o nosso cinema. Filmes como O Caseiro, por exemplo, talvez não tenha tido o sucesso de bilheteria esperado. Mas, pelo menos teve uma repercussão e criou uma abertura no meio.

Sabe aquela famosa expressão “Quem não arrisca não petisca” ?! Então, vamos usá-la dentro do cinema para que novas portas e probabilidades surjam. E que o mercado do terror ganhe cada vez mais o seu espaço!