Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

Os Novos Nomes de Hollywood

Se Hollywood conhece bem uma arte é a de ter um nome e um rosto novo por ano. Entre as namoradinhas de lá já estiveram Sandra Bullock, Jennifer Lawrence, Brie Larson, Lupita Nyong’o, Alicia Vikander, e entre os galãs novatos, Leonardo DiCaprio, Michael Fassbender, Eddie Redmayne, e outros grandes nomes que se firmaram com boas carreiras.

Para 2018, muita gente parece ter a chance de fazer o próprio nome dar certo. Josh Gad é um forte exemplo. Depois de um ano de 2017 bem sucedido, com bons personagens em “A Bela e a Fera” e “Assassinato no Expresso Oriente”, o ator, que já havia participado de Frozen” como a voz por trás do popular personagem Olaf, voltará a dublá-lo na sequência da Disney, programada para estrear em 2019. Antes disso, ele ainda estará em projetos como “Party Of the Century” “Little Monsters”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Outra atriz que parece ter chances concretas de ver sua estrela brilhar no cinema americano é a britânica Sophie Turner, bastante conhecida por viver a Sansa de “Game Of Thrones”, e que atualmente vive a versão jovem da Jean Grey em “X Men”. Em 2018, o filme que conta a história do lado oculto e descontrolado da poderosa multante chega aos cinemas, com a atriz como protagonista. Espera-se que haja uma forte bilheteria e que o filme conquiste o mesmo patamar nas produções da Marvel que “Mulher Maravilha”  conquistou no universo da DC. Turner pode vir a se tornar uma estrela, como Gal Gadot, que viu seu nome estourar depois de ter se consagrado no papel de Diana Prince.

Adam Driver é mais uma promessa que pode vir a ser um grande galã. Destaque em “Star Wars: O Último Jedi”, o ator já está confirmado para o próximo filme da saga, “Episódio IX”, e tem pelo menos mais quatro produções encaminhadas para estrear nos próximos meses, entre elas Tough as They Come”, que conta com a direção de Sylvester Stallone, e “The Man Who Killed Don Quixote“, que teve uma produção de nada mais nada menos que 17 anos de duração!

Outro rosto que não é tão desconhecido, mas que também nunca foi totalmente lembrado como uma grande promessa pra anos futuros é Ansel Elgort. O jovem ator estrelou filmes fortes, como o longas da franquia Divergente e o romance juvenil A Culpa é das Estrelas, tornando-se o galã de muitas garotas jovens, porém, seu alcance terminava ali. Em 2017, protagonizou o excelente “Baby Driver – Em Ritmo de Fuga”, sendo muito elogiado, vendo seu nome ganhar destaque em revistas conceituadas da sétima arte e tendo sido indicado a diversos prêmios por sua atuação surpreendente. Para 2018, além da expectativa criada para o último filme da fraca saga Divergente, ainda espera-se “Billionaire Boys Club“, que ele atua com Emma Roberts e Kevin Spacey.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O pequeno Jacob Tremblay é um ator que vem se destacando mesmo que com pouca idade. Depois da forte comoção pelo doce Jack, de “O Quarto de Jack”, que mesmo sem colocá-lo para concorrer grandes prêmios, teve sua atuação bastante elogiada por crítica e público, Tremblay marcou seu nome outra vez como um candidato forte a se tornar o próximo Leonardo DiCaprio, (que também começou a carreira ainda criança e hoje é um dos atores mais talentosos de Hollywood) com o sensível e bem contado “Extraordinário”, filme lançado no começo de dezembro e que deve colocar seu nome, além de Julia Roberts e Owen Wilson, em algumas fortes premiações. Ele já tem seu nome garantido em uma produção com forte apelo entre o público: o blockbuster “O Predador”  que tem estreia garantida para agosto de 2018.

Obviamente, há uma distância grande entre boas promessas e nomes consagrados, e, é bem verdade, nem todo mundo consegue cumprir esse caminho, afinal, nem só de grandes filmes vivem atores famosos. Resta esperar 2018 trazer todos esses filmes e ver quem conseguiu realmente despontar no cinema mais concorrido do mundo.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Marya Cecília é goiana de nascimento, mora em São Paulo há seis anos e ainda assim não consegue lidar com o clima 4 estações em um dia que rola nessa cidade. Tem umas manias esquisitas, tipo ver um filme que gosta várias vezes, mas esta tentando lidar com isso (ou não). Falando nisso, ela não faz questão nenhuma de ser normal, então podemos apenas seguir em frente!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Crítica

um drama com crianças, realizado de forma madura. A produção é baseada no romance homônimo escrito em 2012 por R.J. Palacio, que conta a história...

Literatura

Extraordinário é um livro escrito por R. J. Palacio e publicado no Brasil pela editora Intrínseca em 2012. Eu nunca tive muita curiosidade de ler...

Advertisement