Aquela oportunidadizinha que você estava esperando há tempos chegou e agora? Agora vamos nos preparar pra arrasar na audição e entrar no mercado de musicais com tudo!

Há algum tempo atrás fiz um curso de Acting The Song com Beatriz Lucci e foi algo realmente transformador. Além de valiosíssimos conhecimentos sobre essa técnica, ela nos deu dicas de como se comportar em uma audição. Então resolvi compartilhar com vocês um pouquinho do que ela nos passou, mas é bom deixar claro que não dá pra passar aqui nem um terço do que tivemos no curso, até porque ela tem mil anos de Broadway, mas acredito que já seja um bom começo seguir essas dicas aqui. E adicionei algumas outras coisinhas que acho importante dizer também, então vamos lá:

Partitura: Sim, é algo que você precisa levar impressa. Ela deve ser escrita no seu tom de voz para não ter surpresas na hora de cantar e não esqueça de anotar nela a sua deixa e repassá-la com o músico na hora da audição.

Impressão da Partitura: Faça a impressão em um formato que facilite a passagem de páginas para o músico como só paginas da frente, por exemplo. Se for colocar em plásticos mais durinhos, opte pelos que não tem brilho, pois pode bater uma luminosidade que atrapalhe a leitura. Se preferir, encaderne a partitura, pois isso vai facilitar bastante as coisas. Leve sempre mais de uma cópia, pois o músico pode não conhecer a sua canção e pedir que você a deixe e seria bacana que você fizesse essa gentileza sem surtar por só ter uma cópia.

A Deixa: É importante que ela seja clara e específica, tipo “quando eu levantar a cabeça começa a música”, porque se você colocar que vai dar 3 mortais e 20 giros pode ser que o músico se perca e você acabe se prejudicando. Indique na partitura onde exatamente ela ocorrerá.

Recorte: Algumas audições permitem que você cante apenas um pedaço da canção, então leve a partitura marcando o recorte que você deseja cantar para guiar o músico. Se não souber fazer isso, peça ajuda de alguém que entenda de partituras. O fato de ser um teste, por si só, já nos deixa nervosos o suficiente então é melhor que estejamos o mais seguros possíveis quanto a todo o resto.

Músico: É imprescindível que você seja educado, tanto fora da sala de audição quanto lá dentro, e com o músico não deve ser diferente, pois ele vai estar ali te ajudando. Será seu parceiro durante todo o teste. Ele respeita o seu trabalho e você deve respeitar o dele também então cumprimente-o e ao final agradeça, independente de como você ache que tenha ido na audição. Parece uma bobeira dizer isso, mas às vezes ficamos tão nervosos e desorientados que acabamos deixando passar essas sutilezas, mas a banca está atenta a tudo.

A Banca: Cumprimente-os quando entrar na sala, mas sem exageros. Por mais que você conheça as pessoas da banca, você está ali para ser avaliado e não para tomar chá da tarde com amigos. Além disso procure não ficar de costas pra eles, pois isso pode soar mal e também evite olhá-los nos olhos enquanto estiver cantando, pois podem se sentir invadidos. Busque um foco em outro ponto da sala, ou mesmo sobre suas cabeças e se jogue na interpretação da música.

Música: É importante saber que nem toda música serve para todos os testes. Se você está fazendo um teste para um musical brasileiro talvez não seja tão interessante levar uma música estrangeira. Escolha uma música que não seja tão conhecida, pois isso pode ajudar na sua audição. Ao invés de ser o milésimo candidato que cantou “Defying Gravity”, você pode ser aquele candidato que arrasou cantando aquela música incrível que quase ninguém na banca conhecia. Lógico que tem testes em que as músicas são indicadas aí você não tem como fugir delas, mas tem como dar a sua interpretação da canção, então invista nisso.

Vou ficando por aqui porque a dica já está ficando grande demais, mas continuamos na semana que vem! Espero que estejam gostando e que possam usá-las nos testes da vida afora. Vale lembrar que não sou expert em musicais e nem dou aula sobre nada disso. Estou apenas compartilhando algumas informações que me ajudam muito e podem ajudar outras pessoas também. Se você gostou compartilha com os amigos e nos vemos na próxima semana.

Informação importante: Fiquem ligados porque de tempos em tempos a Beatriz Lucci pousa aqui no Rio de Janeiro para das esses workshops valiosíssimos e com preços acessíveis.  Se você é de Sampa pode aproveitar também porque ela reside por essas bandas e isso facilita bastante as coisas.