10 de dezembro de 2019

Após 30 anos do original, com Patrick Swayze e Jennifer Grey como protagonistas, o remake do clássico “Dirty Dancing” foi realizado e irá ao ar no canal ABC no dia 24 de maio desse ano. As roteiristas Allison Shearmur e Eleanor Bergstein do filme de 1987 são, dessa vez, as produtoras executivas e contam com a direção de Wayne Blair.

Assim como a obra dos anos 80, a história tratada é de Frances Houseman, uma jovem de 18 anos que resolve fazer uma viagem em família para a colônia de férias Kellerman no verão de 1963 e, ao chegar no local, não só se apaixona pela dança como também pelo principal dançarino, chamado Johnny Castle. Mesmo com a tentativa de ser fiel ao longa de tanto sucesso, o remake conta com 3 horas de duração e rostos completamente novos, sem participações especiais.

Quem dará vida a Baby, como a caçula Frances era conhecida, será Abigail Breslin, conhecida por seus papéis infantis em “A Pequena Miss Sunshine” (2006), “ Sem reservas” (2007) e, recentemente, começou a atuar na série americana “ Scream Queens”. Quanto ao galã Johnny, vivido tão bem por Swayze, será o papel de Colt Prattes, um dançarino profissional e estreante no cinema. Para ocupar o lugar de Emily Bishop, cujo personagem era a mãe da protagonista, teremos Debra Messing, conhecida pela personagem Kat Ellis, par romântico de Dermont Mulroney, em “ Muito Bem Acompanhada” (2004). Outros famosos, como Lea Michele e Matthew Morrison, ambos conhecidos em “Glee”, foram cotados para serem os protagonistas, mas foram descartados em seguida.A ideia de uma refilmagem vem sendo discutida pelo estúdio desde 2009, devido ao fracasso da continuação chamada “Dirty Dancing: Noites em Havana” (2004), com uma história completamente nova e diferente do sucesso primordial. Contudo, há certos questionamentos que os fãs estão se preocupando, como, por exemplo: Se será uma obra fiel, como o filme de 100 minutos passa para 180? O que será acrescentado em mais de uma hora?

Por meio das fotos já liberadas, é possível deduzir que as cenas clássicas do lago e a dança final foram incluídas; os personagens secundários, como o garçom Robbie e a ricaça Vivian Pressman também estarão presentes. Ao que tudo indica, todos os detalhes estão em seus devidos lugares.

Contudo, mesmo com o alívio de podermos rever as cenas essenciais desse clássico, há uma certa curiosidade no ar sobre o motivo de escolherem um dançarino profissional e desconhecido aos olhos do público. Será uma tentativa de desfazer as possíveis comparações com o icônico Swayze? Além disso, apesar do mesmo corte de cabelo e um figurino semelhante, a escolha da atriz também foi bastante peculiar, por serem um tanto diferentes fisicamente.

“Dirty Dancing” não tem data definida para estrear no Brasil.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Morg Melo

É da Cidade Sorriso e, sim, sorri de uma ponta a outra olhando para o Rio de Janeiro que, claro, continua lindo. Ama filmes de comédia romântica e suspense, chora em alguns - até porque chora, inclusive, em comercial de TV -, não curte nem um pouco terror e defende com unhas e dentes seus personagens preferidos das suas séries. Geminiana e... isso já diz tudo.

Previous Obrigada, querida Frida
Next O que a fotografia em preto e branco e a alma tem em comum

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

5 blogueiras plus size que você precisa seguir no Instagram

6 de dezembro de 2016
Close