Rock in Rio 2019 chegou ao fim, e o Muse foi a banda escalada para fazer o encerramento. Com 25 anos de carreira e muitos hits, a banda chegou para fechar de forma apoteótica o último dia do festival.

Na abertura, luzes de led no figurino dos músicos davam o tom da proposta futurista com estética oitentista que tomaria conta do palco. Tudo isso, é claro, associado às letras sobre resistência, política e distopias que dominam a discografia da banda. “Algorithm” abriu o show carregada de sintetizadores, enfatizando o clima de ficção científica que viria ao longo das quase duas horas de show.

O mais interessante desse show foi como Muse organizou seus hits, como por exemplo, “Starlight”, “Supermassive Black Hole” e “Time is Running Out” dentro do conceito de seu álbum mais recente Simulation Theory, transformando o show numa grande ópera rock futurista. O grande destaque da apresentação foi, certamente, Matt Bellamy que esbanjou carisma, atitude de rockstar e uma voz incrível. Um momento que prova isso foi quando cantou e encenou acompanhado de uma horda de zumbis high-tech em “Thought Contagious”.

Próximo ao final, uma alien gigantesco surgiu atrás dos músicos com garras e dentes à mostra até o final estupendo com a música “Knights of Cydonia”, cantada a plenos pulmões pelo público, bem menor que dos shows anteriores da noite. Enfim, sorte de quem ficou até o final.

O Rock in Rio 2019 aconteceu de 27 de setembro à 06 de outubro no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro. A Woo! Magazine esteve presente todos os dias com sua equipe, e o apoio da Piticas Botafogo Praia Shopping e do Escape Time Rio de Janeiro, proporcionando uma cobertura completa do evento e muita diversão com brincadeiras com o público presente.