13 de dezembro de 2019

Podemos colocar o ano de 1977 como um marco da história. Não foi o cinema que começou a mudar a partir daí, mas toda uma cultura e mentalidade. Essa data foi o lançamento do primeiro filme da saga “Star Wars”. O diretor, George Lucas, não acreditava no projeto e foi muito influenciado por seu amigo, Steven Spielberg, a continuar e dar a vida aquele universo. Com pouco dinheiro, ajuda de estudantes de cinema na equipe e artimanhas (como a gravação da voz de Chewbacca ser um urso real ou a respiração icônica de Darth Vader ser a respiração com uma máscara de mergulho), o filme que reuniu uma legião de fãs foi parar na tela grande.

Desde aí, junto principalmente a “Contatos Imediatos de Terceiro Grau”, a maneira de fazer filmes foi modificada e Hollywood alcançou um novo patamar: os bilhões de dólares. Diversos filmes já foram produzidos nesses 40 anos, porém foi difícil conseguir ultrapassar o sucesso desse mundo galáctico. E agora, os antigos e novos fãs são presenteados (melhor do que Papai Noel poderia trazer) com mais uma novidade. O tão esperado “Star Wars – Os últimos Jedi”, ou Episódio VIII, estreou nos cinemas hoje, dia 14 de dezembro. As filmagens do longa metragem tiveram início em 9 de março de 2016 e, tudo indica, que todo o processo de pós produção foi finalizado em julho deste ano. Já nos mostra a tamanha ansiedade para quem ficou contando os dias para correr atrás do seu ingresso e assistir a novidade.

Estimado em duas horas e meia de duração, acompanhamos uma continuação de “Star Wars – O despertar da força”, tendo início no episódio do grande encontro de Rey (Daisy Ridley) e Luke Skywalker (Mark Hammil). A busca é pelo conhecimento dos poderes jedi, e como controlá-lo. No entanto, o conhecido The Dark Side está ganhando poder nas mãos de Kylo Ren (Adam Driver), que está focado na missão de construir um Império. O filme forma o segundo capítulo da nova trilogia planejada para o universo fictício.

Para completar a curiosidade, diversos nomes famosos do meio já tiveram a oportunidade de desfrutar da exibição de “Star Wars- Os últimos Jedi” e fizeram alguns comentários bem pontuais pelas redes sociais. Anthony Breznican, do Entertainment Weekly, deixou opiniões pelos caracteres do Twitter, dizendo que: “Não se preocupe. Apesar de algumas semelhanças na superfícies, #TheLastJedi tem uma estrutura radicalmente diferente de “Império Contra-Ataca” e todos os outros filme de Star Wars.”

Esta foi uma resposta simples as tamanhas especulações da internet quanto a história desse novo filme. Diversas pessoas ficaram apreensivas, principalmente após a liberação do trailer, quanto a semelhança da narrativa do longa-metragem de estreia com o clássico da saga “Star Wars – O Império Contra Ataca”. De 1980, o antigo conta a parte em que Luke está em busca de Mestre Yoda, para aprender a dominar a Força e tornar-se um Jedi. Enquanto isso, Darth Vader ataca a resistência. Realmente, se comparadas as sinopses, a semelhança é algo logo percebido e pensado, principalmente como uma “atualização” da história. Entretanto, nem tudo que parece é, e já podemos levar essa frase como uma verdade, o que vamos assistir nos cinemas é algo novo, diferente e continuação de seus anteriores (não uma espécie de “remake”).

Na última semana, a CCXP – Comic Con Experience em São Paulo, houve um painel exclusivo para o filme, um “presente” da Disney e da LucasFilm para o evento, que trouxe entrevistas com o elenco. Os atores comentaram sobre o set, as relações entre eles e como tornaram-se uma família. Além disso, fizeram perguntas diretas aos integrantes, como sobre a roupa de Luke estar parecida com a de Obi-Wan Kenobi. Até o queridinho BB-8 surgiu em meio ao público durante o ocorrido, para a felicidade de todos. Para completar, não poderia deixar de lado os elogios e comentários do elenco, sortudo, ao trabalharem ao lado e contracenando com a eterna Carrie Fisher – a histórica Princesa Leia. Durante a pré-estreia do filme em Los Angeles, não deixaram de fora uma homenagem a nossa querida princesa.

É interessante comentar que o ator Mark Hamill, após ter o primeiro contato com o roteiro, logo mostrou-se não muito satisfeito com o desenrolar de seu personagem nesse novo filme. No entanto, seguiu os passos designados e jurou dar seu melhor em frente às câmeras. Além disso, a atriz Kelly Marie Tran manteve sua participação como um segredo. Ela não contou nem para sua família que estava no Episódio VIII do filme.

A parte boa é que a espera acabou. Já está com os ingressos nas mãos? Agora pode assistir e, finalmente, descobrir o que acontece nesse novo capítulo de Star Wars. Para quem já viu ou ainda vai ver, não deixe de conferir a crítica disponível aqui no site sobre o filme!


Por Gabi Fischer

Show Full Content
Previous Monstros S.A. – No susto, no grito e nas telas, eles realmente fizeram bonito
Next Crítica: Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Carnaval Para Quem Gosta e Para Quem Não Gosta de Carnaval!

3 de fevereiro de 2016
Close