Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

“Slalom – Até o Limite” traz o abuso em um ambiente esportivo para o centro do debate

Slalom - Até O Limite
Imagem: Divulgação/Vitrine Filmes

Exibido na Seleção Oficial de Cannes 2020, “Slalom – Até O Limite” aborda de maneira sensível temas relacionados à saúde mental no esporte

Um ambiente de proteção e acolhimento é, muitas vezes, o que se espera de um equipe esportiva, seja da modalidade que for, mas nem sempre é o que se acha. Esse é o mote do filme “Slalom – Até o Limite”, de Charlène Favier, que está em cartaz nos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre. 

No centro da trama está Lyz (Noée Abita), uma jovem de 15 anos que acaba de se juntar à prestigiosa equipe de esqui do colégio Bourg-Saint Maurice. À medida que o seu talento aparece, o técnico e ex-campeão Fred (Jérémie Renier) resolve apostar todas as fichas na adolescente. Empolgada e ludibriada pela dedicação do treinador, Lyz se entrega totalmente aos treinos e às competições para satisfazê-lo. Só que, com o passar do tempo, ela fica abalada com a pressão e o domínio de Fred. 

Advertisement. Scroll to continue reading.
Slalom - Até O Limite
Imagem: Divulgação/Vitrine Filmes
Leia Também: Crítica: Space Jam – Um Novo Legado

Aclamado por onde passou, exibido em festivais como Cannes (Seleção Oficial), Deauville Film Festival, European Film Awards e Zurich Film Festival, o longa é uma coprodução entre França e Bélgica.

“Um filme ‘Me Too’ ambientado no universo do esporte”reflete a crítica da Vulture.

“Uma história impressionante de amadurecimento e um forte olhar para a intimidade” afirma a crítica do Screen Daily.

Slalom - Até O Limite
Imagem: Divulgação/Vitrine Filmes

“Bem feito, sensível e profundamente enraivecedor, um mergulho abrupto de enrolar o estômago”

, diz a crítica da Variety.

“Slalom” subverte o arco do filme comum de esportes, nos pedindo para torcer contra o sucesso da protagonista”, opina a crítica da IndieWire. 

Confira a sinopse

Aos 15 anos, Lyz acaba de se somar à prestigiosa equipe de esqui do colégio de Bourg-Saint Maurice. Fred, ex-campeão que assume o papel de treinador, decide pôr todas as suas fichas na nova integrante. Entusiasmada pelo apoio recebido, Lyz se entrega de corpo e alma ao seu objetivo. Porém, após acumular sucessos, rapidamente ela começa a ficar abalada sob a pressão e o domínio exercidos por Fred.

Vídeo: Divulgação/Vitrine Filmes

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Crítica

O cinema independente norte-americano vem há anos entregando algumas obras que superam em muito as produções vindas da midiática Hollywood. Sem depender das regras...

Filmes

Todos os filmes ruins estrelados por Nicolas Cages durante a última década fizeram com que os cinéfilos e seus fãs esquecessem que ele é...

Filmes

Mark Wahlberg é a estrela de “Joe Bell”, filmes que passou pelo Festival de Cinema de Toronto, e que estreia em 23 de julho...

Crítica

Não é de hoje que o cinema chileno vem chamando a atenção dos cinéfilos mundo afora. Para citar o sucesso mais recente, basta lembrar...

Advertisement