Quando arriscar é uma boa ideia

Com uma avaliação 3 estrelas da revista “Veja Rio”, sucesso de público e crítica e mais de 100 apresentações em 2015, o espetáculo “Hamlet ou Morte!” está em cartaz no teatro do Shopping Fashion Mall, em São Conrado. O texto foi baseado na obra do inglês Tom Stoppard, que na década de 70 escreveu “15-Minute Hamlet”, comédia ancorada em uma ideia inusitada, já explicada no título: condensar em apenas 15 minutos o clássico de William Shakespeare.

Foi então que um grupo de cinco amigos formados pela Casa de Artes de Laranjeiras (CAL), reunidos em uma companhia batizada de “Os Trágicos”, criou um esquete para ser encenado na quarta edição do Festival Universitário do Rio de Janeiro, em 2014. Muitos elogios e prêmios foram conquistados pela curta montagem e incentivaram o quinteto, composto por Gabriel Canella, Pedro Sarmento, Yuri Ribeiro, Diogo Fujimura e Mathias Wunder, a ampliar o esquete, dando origem a esta divertida comédia. A professora dos rapazes na CAL, Adriana Maia, assina direção e dramaturgia. A rigor, no que diz respeito ao texto, a diferença é o acréscimo de um preâmbulo ao que fora encenado no festival.

A história se passa em plena Inglaterra elisabetana, onde quatro condenados à morte recebem, como um indulto de clemência, o direito de apresentar um espetáculo para a rainha. Sem muita noção do que é teatro, são auxiliados pelo bondoso Reverendo Topaz, que tem a ideia de encenar as poucas páginas de uma história fascinante, roubadas de um tal Will Shakespeare. Se a rainha gostar estão livres, caso contrário morrem. A rainha é o público.